Philobiblon (sm)(tm)

Back to Search     Back to Results


Work ID number BITAGAP texid 7303
Authors Desconhecido
Titles Quindecim orationes [Prólogo, Pt. 1]
Oração da Empardeada [Prólogo, Pt. 1]
Oratio concluse [Prólogo, Pt. 1]
The Fifteen O's [Prólogo, Pt. 1]
Orationes sanctae Brigittae [Prólogo, Pt. 1]
Oração da Emparedada
Incipit & Explicits texto: Uma mulher era emparedada e encerrada em uma cela solitária … E por pouco trabalho haverás grande galardão
Date / Place escrito/a 1400 ad quem ?
traduzido/a 1500 ad quem
Language Português
Latim (orig.)
Castelhano [?] (interm.)
Text Type: Prosa
Associated Persons Tradutor(a): Desconhecido
Visto e emendado por: João Claro (Fr.), OCist
Visto e emendado por: Luís Fernandes (Floruit 1490 - 1510)
Associated Texts Texto semelhante [cap. 8, f. 28v] texid 1004 Ludolphus de Saxónia, Vita Christi [Pt. 4] (tr. Bernardo de Alcobaça, monge de Alcobaça…), traduzido/a 1445 - 1446
References (most recent first) Cavero Domínguez (2020), The Prayer of the Walled-up Woman: Devotion and Superstition in Spain (1450-1550) 40-58
Giles (2017), Inscribed Power. Amulets and Magic in Early Spanish Literature 156 e segs.
Sonsino et al. (2016-06-16), Orações irmãs? Confronto de duas edições portuguesas da Oração da Emparedada
Matos (2014), “A Emparedada na História da Cultura e numa edição quinhentista portuguesa desconhecida”, Obras completas de Manuel Cadafaz de Matos. Vol. VII. Da História Cultural, Social e das Técnicas, à História das Bibliotecas na Idede Média Europeia (Estudos Medievais I) 173-231
Carvalho (2013), “Espiritualidade Portátil. Um mundo a reconhecer?”, Via Spiritus 20:140
Londoño (2013), “Devoción supersticiosa en el Índice de Valdés: la oración de la Emparedada”, Las razones del censor, Control ideológico y censura de libros en la primera edad moderna 137-60
Giles (2013), “The Prayer of the Immured Woman and the Matter of Lazarillo de Tormes”, Objects of Culture in the Literature of Imperial Spain 228-52
Cruz (2013), “The Walled-In Woman in Medieval and Early Modern Spain”, Gender Matters: Discourses of Violence in Early Modern Literature and the Arts 349-66
Torrico (2010), “Hiding in the Wall: Lazarillo's Bedfellows”, The Lazarillo Phenomenon: Essays on the Adventures of a Classic Text 133
Lama (2006), Biblioteca de Barcarrota
Matos (2004), “A Emparedada na História da Cultura e numa edição quinhentista portuguesa desconhecida”, Revista Portuguesa da História do Livro 11:1-55
Borgehammar (2001-11-08-2002-11-13), On-line Bibliography of St. Birgitta and the Birgittine Order
Castanho (2007), “La Oração da Empardeada. Introduzione, trascrizione e note”, Artifara 7:1-13
Lama (2007), “La Biblioteca de Barcarrota. Tipología de un hallazgo”, Alborayque. Revista de la Biblioteca de Extremadura 1
Carrasco González (2005), “Portugal en la biblioteca de Barcarrota: La oración de la emparedada”, Anuario de Estudios Filológicos 28:21-34
Portillo (2005), A muito devota oraça da empardeada. En lingoajem portugues
Matos (2004), Os emparedados em Portugal na Idade Média. Semiótica, linguagens de reclusão e níveis de interioridade. Seguido da edição do século XVI ‘A muyto deuota oraçã da Empardeada. Em linguagem portugues'. Fac-símile do exemplar de Barcarrota e leitura diplomática 11:1-103
Askins (2002), “Notes on three prayers in late fifteenth-century Portuguese (the Oração da Empardeada, the Oração de S. Leão Papa, and the Justo Juiz): text history and inquisitorial interdictions”, Santa Barbara Portuguese Studies 6:158-69
Carrasco González (2001), “A Oração da Emparedada da Biblioteca de Barcarrota”, Veredas. Revista da Associação Internacional de Lusitanistas 4:173-81
Krug (1999), “The Fifteen Oes”, Cultures of Piety: Medieval English Devotional Literature in Translation 110-11
Carrasco González et al. (1997), La muy devota Oración de la Emparedada
Bujanda (1995), Index de l'Inquisition Portugaise, 1547, 1551, 1561, 1564, 1581 306 , n. 374
Bujanda (1984), Index de l'Inquisition Espagnole, 1551, 1554, 1559 514-15 , n. 547
Rogers (1984), “About the 15 Oes, the Brigittines and Syon Abbey”, St. Ansgar's Bulletin 80:29-30
Martins (1982-83), “A vida reclusa e a sua influência na Idade Média”, Revista Lusitana. Nova Série 4:65
Louis (1980), The Commonplace Book of Robert Reynes of Acle. An edition of Tanner MS 407 264-68, 369-72
Wilmart (1935), “Le grand poème bonaventurien sur les sept paroles du Christ en Croix”, Revue Bénédictine 47:274-78
Leroquais (1927), Les Livres d'Heures manuscrits de la Bibliothèque Nationale 1:220-21
Leroquais (1927), Les Livres d'Heures manuscrits de la Bibliothèque Nationale 2:97-98
Wahlund (1901), “Les quinze Oraisons saincte Brigide. De Hel. Birgitta tillskrifna Femton Bönerna efter ett unikt franskt manuskript i Nantional-Biblioteket i Paris”, Uppsatser i Romansk Filologi tilla&gnade Professor P.A. Geijer 5-6
Note [1] Texto proibido tanto nos Índices portugueses de 1551, 1561, 1564 e 1581 como no castelhano de Valdés de 1559. [2] Damos na bibliografia as fontes básicas (Krug, Louis, Leroquais, Rogers, Wahlund e Wilmart) para vers̃oes dos textos (Prólogo, partes I e II, e as orações) em inglês, francês, latim e sueco. [3] N.B., para a precisão da fonte da tradução portuguesa, ver o cálculo do número das chagas de Cristo indicado nos dois impressos (6,666 e 6,676). [4] Os elementos básicos deste "Prólogo" / "lenda" encontram-se já na capítulo "De Passione domini meditanda, in generali" (cap. 58) da Vita Christi de Ludolfo de Saxónia ("Cuidam etiam seni matronae reclusae…"), traduzidos no incunábulo português de 1495 (Quarte Parte, cap. 8, f. 28v) por "A hũa bõa molher que viuia ençarrada ou empardeada…".
Subject Hagiografia
Fundo Geral
Milagres - Milagre
Oração - Orações - Reza - Rezas - Súplica - Súplicas
Number of Witnesses 2
ID no. of Witness 1 cnum 14547
City, library, collection & call number Washington: Library of Congress, Rosenwald, 451 (BITAGAP manid 1601)
Imprint Paris: Wolfgang Hopyl para Narcisse Bruno, 1500-02-13
1501-02-13 (Faria)
Location in witness ff. o7v - p1v
Title(s) Desconhecido, Oração da Empardeada [Prólogo, Pt. 1] (tr. Desconhecido), traduzido/a 1500 ad quem
Ha muy sancta & deuota oraçam da empardeada, o7v
Incipit & Explicits texto: [ o8r] HUũa molher que era empardeada … [ p1v] … e por pouco trabalho auera grande galardõ. E ha oraçom he esta que se segue.
References Sonsino et al. (2016-06-16), Orações irmãs? Confronto de duas edições portuguesas da Oração da Emparedada
Askins (2002), “Notes on three prayers in late fifteenth-century Portuguese (the Oração da Empardeada, the Oração de S. Leão Papa, and the Justo Juiz): text history and inquisitorial interdictions”, Santa Barbara Portuguese Studies 182-83
Goncalves (1986), “A ‘Árvore de Jessé' na arte portuguesa”, Revista da Faculdade de Letras. História. Segunda Série
Note O título aparece com uma grande gravura da Árvore de Jessé.
ID no. of Witness 2 cnum 18788
City, library, collection & call number Badajoz: Biblioteca Pública Bartolomé José Gallardo, (BITAGAP manid 3272)
Imprint Lisboa ?: Germão Galharde ? (Jüsten (2015), 2, pp. 17-25), 1537 [?] - 1540 [?]
Location in witness ff. 1v-4r
Title(s) Desconhecido, Oração da Empardeada [Prólogo, Pt. 1] (tr. Desconhecido), traduzido/a 1500 ad quem
Incipit & Explicits texto: [ 1v] HUũa molher era empardeada e ẽcerrada ẽ hũa cella solitaria … [ 4r] … E por por pouco trabalho aueras grãde galardã. A oraçã he a seguinte.
References Sonsino et al. (2016-06-16), Orações irmãs? Confronto de duas edições portuguesas da Oração da Emparedada
Matos (2004), Os emparedados em Portugal na Idade Média. Semiótica, linguagens de reclusão e níveis de interioridade. Seguido da edição do século XVI ‘A muyto deuota oraçã da Empardeada. Em linguagem portugues'. Fac-símile do exemplar de Barcarrota e leitura diplomática 93-94
Badajoz. Museo Extremẽno e Iberoamericano de Arte Contemporáneo (1996), El Lazarillo de Tormes y la Biblioteca de Barcarrota 3
Record Status Created 1993-09-26
Updated 2020-04-06