Philobiblon (sm)(tm)

Back to Search     Back to Results


ID no. of Person BITAGAP bioid 6472
Name Gonçalo Caldeira, escrivão da Câmara [1414 ca.]
Sex M
Title escrivão da Câmara 1414 ca.
contador-mor 1434 ca.
Associated Persons *mesma pessoa: Gonçalo Caldeira, tabelião (1390 ca. - 1434 a quo)
criado de: João I (D.), 10. Rei de Portugal [1385] (1427-07-31 antes de)
escrivão da câmara de: João I (D.), 10. Rei de Portugal [1385] (1427-07-31 antes de)
Institutional Affiliation Contador-mor Lisboa: Casa dos Contos (1427-07-31)
Chanceler Lisboa: Casa dos Contos (1427-07-31)
Other Associations with Works texid 15185 Colectivo, Carta de agravamentos dos alcaides das galés de Lisboa e Setúbal [terem de dar conta das armas recebidas desde a tomada de Ceuta], escrito/a 1441-04-30 ad quem
texid 18984 Duarte, 11. Rei de Portugal, Carta de ofício de contador-mor dos contos da cidade de Lisboa e chanceler das cartas e coisas dos ditos contos a Gonçalo Caldeira com o seu regimento, compilado/a 1434-01-04
texid 24832 Duarte, 11. Rei de Portugal, Carta, sendo príncipe, a Gonçalo Caldeira, contador-mor dos Contos, informando da partida de João Martins, escrivão dos Contos, para encargos na sequência do casamento de D. Isabel, a sua irmã e duquesa da Borgonha, e mandando a distribuição das suas escrituras devidas, por enquanto, a outros escrivães dos Contos, escrito/a 1433-04-24
texid 7249 Duarte, 11. Rei de Portugal, Portagem de Lisboa [1434], escrito/a 1434-05-08
texid 16937 João I, 10. Rei de Portugal, Canta régia mandando que não haja alcaide dos homens do mar em Cascais, escrito/a 1393-04-10
texid 29385 João I, 10. Rei de Portugal, Carta a Gonçalo Caldeira, contador dos Contos de Lisboa e a Nuno Vasques de Castelo Branco, vedor da Fazenda, dando Antão, moço dos Contos de Lisboa, por escrivão dos ditos Contos, pela guisa que o foi Nuno Gonçalves, já finado, escrito/a 1427 ?
texid 29384 João I, 10. Rei de Portugal, Carta a Gonçalo Caldeira, contador-mor da Casa dos Contos de Lisboa, de disposição, a pedido dos homens bons da dita cidade, sobre os mercadores dos panos de cor na dita cidade, escrito/a 1429-04-27
texid 17150 João I, 10. Rei de Portugal, Carta dando Gonçalo Caldeira por contador-mor dos contos da cidade de Lisboa e chanceler das cartas e assuntos dos contos], compilado/a 1427-07-31
texid 17106 João I, 10. Rei de Portugal, Carta de confirmação para D. João Afonso Esteves de Azambuja, sendo bispo de Coimbra, dos privilégios do Mosteiro de São Salvador de Lisboa [isento de pagar qualquer dízima], escrito/a 1400-11-08
texid 15137 João I, 10. Rei de Portugal, Carta de defesa posta aos mercadores genoveses, prazentins e ingleses e outros estrangeiros de retalhar panos pelo reino, por si ou por outrem, bem como de comprar mel, cera e outro haver-de-pêso, escrito/a 1391-08-25
texid 16914 João I, 10. Rei de Portugal, Carta de doação a D. Martinho, bispo de Coimbra do padroado da Igreja de São Cristóvão de Lisboa, escrito/a 1390-12-07
texid 16704 João I, 10. Rei de Portugal, Carta de doação ao Infante D. Pedro da vila de Penela, os reguengos de Campores e do Rabaçal, Alvaiázere com seu reguengo, Pereira com seu reguengo, as Anouras, Anços, Buarcos, Recardães, Segadães, Castrovães, Ponte de Almeara, Abiul e Condeixa, escrito/a 1411-04-17
texid 16990 João I, 10. Rei de Portugal, Carta de doação dos paços de Benfica à Ordem de São Domingos para fazerem deles um mosteiro da dita Ordem, escrito/a 1399-05-22
texid 16979 João I, 10. Rei de Portugal, Carta de encomenda e guarda para o Mosteiro de São Pedro de Cete, escrito/a 1401-02-16
texid 16909 João I, 10. Rei de Portugal, Carta de mercê a D. Fernando Rodrigues de Segueira, Mestre da Ordem de Avis, que nenhum concelho ou pessoa seja escusado de pagar portagens e costumagens nos lugares e comendas da Ordem, escrito/a 1390-06-02
texid 16960 João I, 10. Rei de Portugal, Carta de mercê a Gonçalo Lourenço, Senhor de Vila Verde dos Francos (pôr dois tabeliães na dita vila e gozar de seus direitos), escrito/a 1396-08-07
texid 17137 João I, 10. Rei de Portugal, Carta de ofício a Vasco Martins: tesoureiro-mor do reino, escrito/a 1420-06-24
texid 15893 João I, 10. Rei de Portugal, Carta de revogação, em tempo de guerra, de certos privilégios dos caseiros e lavradores das terras da igreja de Santa Maria de Guimarães, escrito/a 1400-03-28
texid 16878 João I, 10. Rei de Portugal, Carta em que toma à sua guarda e encomenda o Mosteiro e Convento de São Martinho de Cucujães, escrito/a 1387-07-10
texid 16730 João I, 10. Rei de Portugal, Carta mandando e confirmando que a parte do termo dada por D. Fernando a Erra fosse tornada ao concelho de Coruche, escrito/a 1391-06-29
texid 13521 João I, 10. Rei de Portugal, Carta nomeando André Esteves conservador da Universidade, escrito/a 1389-12-11 ?
texid 16913 João I, 10. Rei de Portugal, Carta para o Concelho de Valhelhas confirmando os seus privilégios e que tem a vila jurisdição sobre si, escrito/a 1391-02-01
texid 16984 João I, 10. Rei de Portugal, Carta régia confirmando a carta dos moradores da honra de Ovelha tomando D. Afonso, Conde de Barcelos, por Senhor, escrito/a 1401-11-10
texid 17007 João I, 10. Rei de Portugal, Carta régia confirmando a carta dos moradores da honra de Vila Nova "a par de Amarante" tomando D. Afonso, Conde de Barcelos, por Senhor, escrito/a 1404-07-31
texid 17008 João I, 10. Rei de Portugal, Carta régia confirmando a dívida de 150 libras que o concelho de Monsanto era obrigado a dar ao rei cada ano, como estabelecido por carta de D. Dinis, escrito/a 1404-08-08
texid 16938 João I, 10. Rei de Portugal, Carta régia mandando que a aldeia de Cambra, termo de Gouveia, seja termo, tenha juízes sobre si e que os moradores tenham os privilégios e liberdades que teve em outros tempos., escrito/a 1394-03-29
texid 8961 João I, 10. Rei de Portugal, Lei que determina que ninguém use de física salvo quem fosse examinado ou pelo físico ou pelo cirurgião régio, escrito/a 1392-06-28
texid 9247 João I, 10. Rei de Portugal, Lei que proibe o uso das armas aos clérigos, mouros, judeus e estrangeiros, escrito/a 1402-09-25
texid 8958 João I, 10. Rei de Portugal, Lei que renova a proibição aos estrangeiros de venderem a retalho ou comprarem haver de peso fora da cidade de Lisboa, escrito/a 1391-08-05
texid 14067 João I, 10. Rei de Portugal, Privilégio dos oficiais e pedreiros das obras do Mosteiro da Batalha [isentos de pagarem sisa sobre qualquer coisa para a construcção do Mosteiro], escrito/a 1390-05-09
texid 16018 João I, 10. Rei de Portugal, Privilégios (Confirmação) do Mosteiro de Lorvão [juízes e tabeliães nos seus coutos de Rio de Asnos e da Sabugosa], escrito/a 1400-09-06
texid 17026 João I, 10. Rei de Portugal, Privilégios (Confirmação) do Mosteiro de Paço de Sousa, escrito/a 1394-10-27
texid 16922 João I, 10. Rei de Portugal, Privilégios [Confirmação] dos moradores de Buarcos [talhar de madeira], escrito/a 1395-03-17
texid 15892 João I, 10. Rei de Portugal, Privilégios da cidade de Coimbra, iguais aos de Lisboa, para carregar o azeite no rio e foz do Mondego, escrito/a 1399-06-04
texid 15785 João I, 10. Rei de Portugal, Privilégios de couto do Rio Seia, desde a Ponte do Pereiro até ao Porto de Cavalar, área em que atravessa as terra da Ordem de Avis, escrito/a 1396-02-20
texid 17101 João I, 10. Rei de Portugal, Privilégios de D. João Afonso Esteves, bispo de Silves [isento de pagar nas dízimas prometidas pela clerezia nas Cortes de Lisboa de 1389], escrito/a 1389-08-25
texid 16929 João I, 10. Rei de Portugal, Privilégios do Hospital a par dos paços de Coimbra [isento de pagar em peitas, fintas e talhas], escrito/a 1402-07-26
texid 16905 João I, 10. Rei de Portugal, Privilégios do Mosteiro de Ferreira de Aves [não penhorados os seus caseiros e lavradores nem mostrar cavalos], escrito/a 1389-07-19
texid 14601 João I, 10. Rei de Portugal, Privilégios do rei e dos infantes seus filhos [isentos de pagarem dízima e portagem pelas suas coisas, como nunca tinham pago], escrito/a 1417-04-21
texid 15876 João I, 10. Rei de Portugal, Privilégios dos criados do Mosteiro de Alcobaça [os mesmos que têm os homens de armas que servem ao rei], editado/a 1386-02-05
texid 16950 João I, 10. Rei de Portugal, Privilégios dos moradores da aldeia de Alfarelos, a par de Montemor-o-Velho [não tomar deles roupa, palha nem galinhas], escrito/a 1395-03-23
texid 16976 João I, 10. Rei de Portugal, Privilégios dos moradores de Coimbra [vender e carregar seus azeites a quem quiserem], escrito/a 1399-07-04
texid 9251 João I, 10. Rei de Portugal, Regimento do Tesoureiro-mor, escrito/a 1420-06-27
Other associations with witnesses cnum 33887 MS: Desconhecido, Cortes não identificadas, Capítulos [?]. Lisboa: Torre do Tombo (Chancelaria Régia), Chancelaria de D. João I, liv. 5, 1388 - 1432
Printer or scribe of manid 6090 MS: Lisboa: Torre do Tombo, Avis (Ordem de), Convento de S. Bento, Maço 6, doc. 661. São João das Areias: Gonçalo Caldeira, escrivão da Câmara, 1396-02-20. João I, 10. Rei de Portugal, Privilégios de couto do Rio Seia, desde a Ponte do Pereiro até ao Porto de Cavalar, área em que atravessa as terra da Ordem de Avis, escrito/a 1396-02-20.
References (most recent first) Vida referida em Freitas (2001), Teemos por bem e mandamos. A burocracia régia e os seus oficiais em meados de Quatrocentos (1439-1460) 2:426-27, 613-14
Record Status Created 2012-07-05
Updated 2020-06-07