Philobiblon (sm)(tm)

Back to Search     Back to Results


ID no. of Person BITAGAP bioid 3861
Name Álvaro de Portugal (D.), chanceler-mor [1475-08-11]
Álvaro de Bragança(D.)
Álvaro de Melo(D.)
Sex M
Title chanceler-mor 1475-08-11
Milestones Nascimento Ceuta 1440 ?
Óbito Toledo 1504-03-04
Associated Persons filho de: Fernando [I] (D.), 3o Conde de Arraiolos [1422-04-04]
irmão de: Fernando [II] (D.), 3o Duque de Bragança [1478 - 1483-06-20]
irmão de: Afonso (D.), 1o Conde de Faro [1469-05-22 - 1483]
pai de: Rodrigo de Melo (D.), 1o Conde de Tentúgal [1504-01-01]
inimigo de: João II (D.) o Príncipe Perfeito, 13. Rei de Portugal [1481 - 1495]
Affiliation diplomata
poeta
Institutional Affiliation Regedor Casa da Suplicação (instituição itinerante): Casa da Suplicação (1473-10-15)
Author of texid 13357 Álvaro de Portugal, chanceler-mor, Carta a D. João II, sobre a sua saida de Portugal, escrito/a 1485 ca, - 1495-10-25
texid 9637 Álvaro de Portugal, chanceler-mor, Carta a D. João II, sobre os agravos que tinha recebido, escrito/a 1485 ca. - 1495-10-25
texid 1659 Álvaro de Portugal, chanceler-mor, “Dês que fordes juntas duas [D 38 -01]”
Other Associations with Works texid 30770 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta confirmando o escambo a D. Álvaro, irmão de D. Fernando, duque de Bragança e de Guimarães, de umas casas com quintais situadas junto à Igreja de Santiago na cidade de Lisboa, por umas casas e mata, a que chamam de Vale de Vida, que se situam no termo de Santarém, escrito/a 1480-04-28
texid 10149 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Determinação que, estando ausente o Chanceler-mor, os selos da Casa da Suplicação fiquem com os Desembargadores da Relação, onde serão desembargados, no interim, os feitos, escrito/a 1473-10-15 a quo
texid 10150 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Determinação sobre de quem deve receber suplicação o Regedor da Casa da Suplicação e de quem não, escrito/a 1473-10-15 a quo
texid 10148 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Lei sobre a validez de passes do Regedor da Casa da Suplicação, escrito/a 1473-10-19
texid 10153 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Poder de dar passes, outorgado ao Regedor da Casa da Suplicação, para cartas de emancipação de homens e de mulheres, escrito/a 1473-10-15 a quo
texid 10155 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Poder de dar passes, outorgado ao Regedor da Casa da Suplicação, para cartas para mandar rever feitos já desembargados, escrito/a 1473-10-15 a quo
texid 10157 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Poder de dar passes, outorgado ao Regedor da Casa da Suplicação, para cartas que chamem um Corregedor para a Corte, em casos especificdos, escrito/a 1473-10-15 a quo
texid 10158 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Poder de dar passes, outorgado ao Regedor da Casa da Suplicação, para cartas que permitem, contra as leis, que os clérigos possam comprar bens, escrito/a 1473-10-15 a quo
texid 10154 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Poder de dar passes, outorgado ao Regedor da Casa da Suplicação, para cartas sobre o espaço de dívidas, salvo as reais, escrito/a 1473-10-15 a quo
texid 10152 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Poder de dar passes, outorgado ao Regedor da Casa da Suplicação, para cartas sobre o levantamento de degredo, escrito/a 1473-10-15 a quo
texid 10159 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Poder de dar passes, outorgado ao Regedor da Casa da Suplicação, para cartas sobre o tempo que os bens de um testador hão-de ficar em resíduo, escrito/a 1473-10-15 a quo
texid 10151 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Poder de dar passes, outorgado ao Regedor da Casa da Suplicação, para cartas sobre perdões de culpados, estando contentes os contrários, escrito/a 1473-10-15 a quo
texid 10156 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Poder de dar passes, outorgado ao Regedor da Casa de Suplicação, para cartas de segurança, escrito/a 1474-10-15
texid 1660 Fernão da Silveira, coudel-mor, “Três coisas queria nuas [D 38 -02]” (tr. Álvaro de Portugal, chanceler-mor)
texid 24530 João II, 13. Rei de Portugal, Carta de doação a João de Reboredo, escudeiro do rei, de uma casa e um quintal em Lisboa, confiscados a D. Álvaro de Portugal, por caso de traição, escrito/a 1486-10-08
texid 9575 João II, 13. Rei de Portugal, Sentença contra D. Álvaro, filho do Duque de Bragança (tr. Álvaro de Portugal, chanceler-mor), escrito/a 1485-08-09
texid 13358 Manuel I, 14. Rei de Portugal, Carta a D. Álvaro de Portugal, sobre a volta do Duque de Bragança para Portugal, escrito/a 1496-04-26
texid 13361 Manuel I, 14. Rei de Portugal, Carta a D. Álvaro de Portugal, sobre o seu casamento com a Princesa D. Isabel, escrito/a 1496-12-08 ?
texid 13360 Manuel I, 14. Rei de Portugal, Carta a D. Álvaro de Portugal, sobre o seu casamento com a Princesa D. Isabel, escrito/a 1497-04-06
texid 13359 Manuel I, 14. Rei de Portugal, Carta a D. Álvaro de Portugal, sobre o seu casamento com a Princesa D. Isabel, escrito/a 1497-04-24
References (most recent first) Wikimedia Foundation (2012-), Wikidata , n. Q1768310
Gil (2009), El exilio portugués en Sevilla: de los Braganza a Magallanes 26-38
Brito (2001), “A Burocracia Régia Tardo-Afonsina. A administração central e os seus oficiais em 1476”, 2 , n. 2
Schaffer (2002), “In the Aftermath of the Conspiracies Against D. João II. (I). The sentenças: Execution, Exile, and Erasure”, Santa Barbara Portuguese Studies 6:152-53, 157-58, 162-3, 165, 173
Resende et al. (1990-2003), Cancioneiro Geral 6:66-67
Machado (1965-67), Bibliotheca lusitana historica, critica e cronologica 1:111-12
Zúquete (1960-61), Nobreza de Portugal 2:439-40
Note Expatriou-se a Castela em 1483, após a prisão de seu irmão D. Fernando, 3.o Duque de Bragança. Regressou a Portugal após a morte de D. João II.
Subject Recursos electrónicos - Internet
Internet https://www.wikidata.org/wiki/Q1768310 visto 2021-07-16
Record Status Created 1996-07-28
Updated 2022-07-31