Philobiblon (sm)(tm)

Back to Search     Back to Results


ID no. of Person BITAGAP bioid 34356
Name Álvaro Fernandes, tabelião (1482 - 1486 a quo)
Sex M
Associated Persons *criado: Álvaro Afonso, tabelião do cível e crime do Julgado de Regalados [1482-07-01 antes de - 1491 ca.]
Affiliation tabelião 1482 - 1486 a quo
Other Associations with Works texid 33353 João II, 13. Rei de Portugal, Carta confirmando Álvaro Gonçalves, escudeiro régio, por juiz das sisas em Dormes e em Ferreira. pela guisa que o é por carta de D. Afonso V, escrito/a 1482-12-14
texid 33072 João II, 13. Rei de Portugal, Carta dando a Fernão Velho, morador em Lisboa, a metade dos bens móveis e de raiz confiscados a Pedro Eanes, morador no lugar de Cabrela, que dormira carnalmente com Catarina Martins, sua sobrinha, escrito/a 1482-08-10
texid 32855 João II, 13. Rei de Portugal, Carta dando a Gil Vicente, porteiro dos Contos em Beja, todos os bens, confiscados, que comprara, sem licença régia, Álvaro Eanes e que no seu testamento deixara à Igreja de São Salvador da dita vila, escrito/a 1485-09-20
texid 32775 João II, 13. Rei de Portugal, Carta dando a João Alvelos, escudeiro régio, a caravela chamada 'do Caeiro' e certas mercadorias que levaram Álvaro Fernandes, mestre e senhor que foi da dita caravela, e alguns marinheiros (todos moradores de Lisboa), confisadas as quais por eles terem levado a terra de mouros marranos com ouro e prata e fazendas sem licença régia, escrito/a 1486-04-10
texid 33225 João II, 13. Rei de Portugal, Carta dando a Sancho Garcia a metade os bens confiscados a Fernando Eanes, juiz e morador em Águas Belas, que as compra, sem licénça régia a Catarina Eanes, mulher de Martim Lourenço, morador no termo da dita vila, escrito/a 1482-09-02
texid 32977 João II, 13. Rei de Portugal, Carta dando Afonso Martins por recebedor da távola dos panos da feira de Vera Cruz, pela guisa que o foi João Fialho, já finado, escrito/a 1482-07-05
texid 32749 João II, 13. Rei de Portugal, Carta dando Álvaro Pequeno, morador na À dos Vaqueiro, por requeredor das sisas em Pernes, pela guisa que o foi João Brás, o Velho, já finado, escrito/a 1486-02-08
texid 32581 João II, 13. Rei de Portugal, Carta dando Domingos Dias por requeredor da Alfândega do Porto, pela guisa que o foi Gonçalo Dias, já finado, escrito/a 1482-02-06
texid 33325 João II, 13. Rei de Portugal, Carta dando João de Almeida, morador em Viseu, por juiz das sisas na dita vila, pela guisa que o foi Rui Gomes, escudeiro régio, que renunciou por um instrumento público escrito no Mosteiro de Santo Tirso de Riba de Ave, 1482-11-09, por Fernão Gomes, tabelião público no Julgado de Refoios, escrito/a 1482-12-02
texid 32668 João II, 13. Rei de Portugal, Carta dando Lopo de Leiria, morador em Monção, por recebedor da dízima e rendas dos panos delgados que entrarem desde Caminha até Ponte às Várzeas, pela guisa que o foi Pero Vaz que o dito ofício tinha por carta de D. Afonso V, escrito/a 1482-05-17
texid 33270 João II, 13. Rei de Portugal, Carta dando Martim Sobrinho, escudeiro régio, por escrivão do Almoxarifado de Torre de Moncorvo, pela guisa que o foi Vasco Martins, já finado, escrito/a 1482-09-26
texid 32966 João II, 13. Rei de Portugal, Carta dando Pedro Gonçalves, morador em São João das Areias e tabelião público na dita vila, por escrivão das sisas na dita vila e nos concelhos de Óvoa e do Pinheiro, pela guisa que o foi Jorge Afonso, que renunciou por instrumento escrito, 1482-04-08, pelo dito tabelião público Pedro Gonçalves, escrito/a 1482-05-17
texid 33344 João II, 13. Rei de Portugal, Carta de demissão de Álvaro Pires, porteiro das sisas em Muxagata, por não servir (por ser obrigado a justiça régia), e dando João Afonso, tecelão e morador na dita vila, pelo dito ofício, escrito/a 1482-12-03
texid 33269 João II, 13. Rei de Portugal, Carta de doação a Gonçalo Eanes a metade de todos os bens móveis e de raiz confiscados a Pero Gomes, escudeiro régio e solicidor das coisas da Mina, por não servir seu ofiício como cumpre e porque sonegava, escrito/a 1482-10-09
texid 33293 João II, 13. Rei de Portugal, Carta doando a Francisco de Mira, cavaleiro da casa régia, a metade de todos os bens móveis e de raiz confiscados a António Romeu, morador em Castelo Mendo, por ser público passador de gados para Castela sem ter licença, escrito/a 1482-10 ?
Record Status Created 2021-01-26
Updated 2021-02-16