Philobiblon (sm)(tm)

Back to Search     Back to Results


ID no. of Person BITAGAP bioid 2315
Name Isabel de Lancastre (D.), Rainha de Portugal [1447-05-06]
Isabel de Lencastre(D.)
Isabel de Coimbra
Sex F
Title Rainha de Portugal 1447-05-06
Milestones Nascimento Coimbra 1432
Óbito Évora 1455-12-02
Associated Persons filha de: Pedro (Infante D.), 1o Duque de Coimbra [1415-09]
mulher de: Afonso V (D.) o Africano, 12. Rei de Portugal [1438 - 1481] (1445)
mãe de: João II (D.) o Príncipe Perfeito, 13. Rei de Portugal [1481 - 1495]
mãe de: Joana (Infanta D.) a Princesa Santa, Infanta
patrona de: Beatriz Gonçalves, couvilheira
patrona de: Rui Dias, filho legitimado de Diogo Álvares, clérigo de missa (1451-09-10)
*arrendador-mor: Vicente Martins, escrivão da Puridade [1446 ca.]
*arrendador-mor: Pero Vaz, almoxarife de Alenquer [1446 ca.]
*escudeiro: Diogo Afonso, escrivão das sisas dos vinhos e panos em Porto de Mós [1482-07-01 antes de]
irmã de: Filipa de Lencastre (D.) (Nascimento 1435 ca.)
*escudeiro: Nuno Velho, provedor dos vassalos de Beja [1487-06-09]
*criado: João Ramalho, Lanceiro [1487-04-03]
*donzela da casa: Isabel de Meneses (D.), donzela da casa de Isabel de Lancastre, Rainha de Portugal (1452 ca.) (1452 ca.)
*confessor: Álvaro Gonçalves, clérigo secular
Author of texid 25767 Isabel de Lancastre, Rainha de Portugal, Carta a Vicente Martins, escrivão da puridade e arrendador-mor da sua vila e terras de Alenquer e a Pero Vaz, almoxarife na dita vila, a respeito das terras (olivais, vinhas, herdades, moinhos e casas) desaproveitadas e danificadas da dita vila, pela qual coisa ela recebe grande perda e dano, mandando que seja apregoada pela dita vila e praças dela que os donos de lugares ‘que jazem em mortório e danificados que os adubem e aproveitem e correjam ou emprazem ou aforem em tal guisa que façam deles sua prol até 6 meses acabados de lançados os ditos pregões e éditos e não sendo assim que os tais lugares sejam [confiscados e] dados a pessoas leigas e da sua juridição que os saberão aproveitar e pagar os tributos segundo o foro e costume da dita terra, escrito/a 1446-05-19
texid 15015 Isabel de Lancastre, Rainha de Portugal, Privilégios (Confirmação) dos moedeiros de Lisboa [isentos de pagarem jugadas e oitavo], escrito/a 1447-05-24
texid 10592 Isabel de Lancastre, Rainha de Portugal, Testamento [Cédula, 1452], escrito/a 1452-02-05
texid 10571 Isabel de Lancastre, Rainha de Portugal, Testamento [Cédula, 1455], escrito/a 1455-12-05 ad quem
Other Associations with Works texid 26657 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta de doação à rainha D. Isabel de Lencastre da dízima de certos artefactos denominados 'da marçaria' (ouro, seda, aljófar, etc.) e o quinto dos mesmos apresados pelos navios do reino que andarem de armada, escrito/a 1450-05-27
texid 13378 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta de doação da vila de Óbidos a rainha D. Isabel de Lencastre [junto com Torres Vedras, Torres Novas, Sintra, Alenquer, Alvaiázere e Aldeia Galega (da Merceana)], escrito/a 1445-03-19
texid 21805 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta de legitimação de Rui Dias, porteiro da câmara da rainha D. Isabel, filho de Diogo Álvares, abade que foi do Cerdal, e de Inês Álvares, escrito/a 1451-09-10
texid 30476 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta doando a D. Isabel de Meneses, donzela da Casa da rainha D. Isabel, todos os bens confiscados a Martinho Eanes, tosador e morador em Tentúgal, por ter participado na batalha de Alfarrobeira ao lado do Infante D. Pedro, escrito/a 1452-01-16
texid 30448 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta doando à rainha D. Isabel todos os bens de raiz (que haviam sido de Pedro Barreto) confiscados a Rui Valente, cavaleiro da casa do Infante D. Henrique que os perdera por ter estado ao lado do Infante D. Pedro na batalha de Alfarrobeira, escrito/a 1454-10-24
texid 15034 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta ordenando aos seus chanceleres e oficiais da corte e da Casa do Cível que não enviassem mais cartas, mandados nem alvarás aos moradores das terras da rainha D. Isabel de Lencastre, escrito/a 1447-01
texid 30397 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta que confirma a doação a Dom João de Meneses, fidalgo da casa régia, da Quintã de São Silvestrre (termo de Coimbra) com todas as suas rendas, foros, tributos, honras, tomadias e o padroado da Igreja de São Silvestre que lhe fizera a rainha D. Isabel, quintã que era de Aires Gomes da Silva, que a perdera por participar na batalha de Alfarrobeira ao lado do Infante D. Pedro e que refere carta de doação da da dita rainha de 1452-07-27, escrito/a 1452-10-06
texid 30441 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta que perdoa a Vasco de Oliveira, escudeiro do Infante D. Pedro, a pedido da rainha D. Isabel, por ter estado na batalha de Alfarrobeira ao lado do dito Infante e de posteriormente ter fugido para Castela com cavalos, armas e carne, escrito/a 1454-02-08
texid 27971 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Contrato de matrimónio com D. Isabel de Lancastre, escrito/a 1447-05-06
texid 14248 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Convalidação e aprovação do testamento da rainha D. Isabel de Lencastre, escrito/a 1457-05-21
texid 18593 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Privilégios concedidos aos caseiros, criados e apaniguados de D. Brites Gonçalves, covilheira da rainha D. Isabel [isentos de pagarem peitas, fintas, talhas, pedidos e empréstimos, nem sirvam na Adiça, nem postos na vintena do mar nem da terra, nem sejam besteiros do conto, etc.], escrito/a 1454-07-13
texid 15033 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Privilégios dos Cónegos seculares de São Salvador de Vilar de Frades [isentos do pagamento de diversos impostos e encargos, quer em Santo Elói de Lisboa ou em Vilar de Frades] (tr. Isabel de Lancastre, Rainha de Portugal), escrito/a 1447-05-21 ?
texid 9410 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Privilégios dos moradores de Salir do Porto [isentos, por 10 meses, do pagamento de diversos impostos, encargos e serviços do concelho; de servirem o rei tanto por mar como por terra; da vintena do mar; de serem postos na portagem; e de irem com presos e dinheiros, salvo se fossem pescadores ou marinheiros] (tr. Isabel de Lancastre, Rainha de Portugal), escrito/a 1449-08-20
texid 15032 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Privilégios e isenções [Confirmação] que sempre tiveram os rendeiros das rendas da Rainha, escrito/a 1450-04-04
texid 1026 Christine de Pizan, Espelho de Cristina (tr. Isabel de Lancastre, Rainha de Portugal), traduzido/a 1447 - 1455
texid 10357 Desconhecido… Carta para Afonso V, sobre a sua proposta partida com frota contra os turcos, escrito/a 1456-04-28 ?
texid 32419 Desconhecido, Colecção de traslados de contratos matrimoniais do século XV [D. Duarte, D. Afonso V, D. João II e a Infanta D. Leonor], compilado/a 1473 a quo
texid 14210 Desconhecido, Crónica de 1344/1459. Crónica breve do reinado de D. Duarte, da regência do infante D. Pedro e dos feitos dos seus filhos, o Condestabre D. Pedro, de D. João, e de D. Jaime [até à morte deste] e de D. João, escrito/a 1459 a quo
texid 27073 João II, 13. Rei de Portugal, Carta confirmando Diogo Afonso, escudeiro que foi da rainha dona Isabel e morador na vila de Porto de Mós, por escrivão das sisas gerais, vinho e panos de cor na dita vila, pela guisa que o é por carta de D. Afonso V, escrito/a 1482-07-01
texid 26795 João II, 13. Rei de Portugal, Carta confirmando várias doações para D. Lopo de Almeida, conde de Abrantes [rendas do Mordomado e direitos da Alcaidaria da vila de Torres Novas], pela guisa que as teve no tempo da rainha D. Isabel e por carta de D. Afonso V, escrito/a 1482-02-25
texid 28601 João II, 13. Rei de Portugal, Carta dando a João Ramalho, escudeiro e criado que foi da sua mãe, D. Isabel de Lancastre, os privilégios de lanceiro da ordenança das 2.000 lanças, escrito/a 1487-04-03
texid 28580 João II, 13. Rei de Portugal, Carta dando Nuno Velho, escudeiro fidalgo de casa régia e da Rainha D. Isabel de Lancastre, por provedor dos vassalos de Beja e dos do Almoxarifado da dita vila, pela guisa que o foi Diogo da Fonseca por carta de D. Afonso V e que renunciou por instrumento público escrito, 1487-05-15, por Nuno Rodrigues, tabelião em Santarém, escrito/a 1487-06-09
texid 25387 Simão de São Mateus, Carta consolatória a Isabel de Urgel, viúva do Infante D. Pedro, duque de Coimbra, que também comenta a morte do pai da dita senhora e a morte da rainha D. Isabel de Lancastre, mulher de D. Afonso V, escrito/a 1455 a quo
References (most recent first) Milheiro (2018), “D. Afonso V com D. Isabel e infante D. Fernando com D. Beatriz: dois casamentos, a mesma face de uma estratégia matrimonial”, Casamentos da Família Real Portuguesa. Êxitos e fracassos 1:67-79, 84-86
Rodrigues (2017), “Isabel de Coimbra y los modelos de religiosidad reginal en los reinos ibéricos a fines de la Edad Media”, Edad Media. Revista de Historia 18:125-38
Rodrigues (2013), As Tristes Rainhas: Leonor de Aragão, Isabel de Coimbra
Wikimedia Foundation (2012-), Wikidata , n. Q258042
Oliveira (2010), Rainhas Medievais de Portugal. Dezassete mulheres, duas dinastias, quatro séculos de História 481-500
Rodrigues (2009), “Between Husband and Father. Queen Isabel of Lancaster's crossed Loyalties”, Imago Temporis: Medium Aevus 3:205-18
Serrano (2009), As Avis - As Grandes Rainhas que Partilharam o Trono de Portugal na Segunda Dinastia 139-57
Rodrigues (2008), “Rainhas medievais de Portugal: Funções, patrimónios, poderes”, Clio. Revista do Centro de História da Universidade de Lisboa. Nova série 16-17:150
Seixas et al. (1994), As Armas do Infante D. Pedro e de seus filhos
Maia (1862), “Memoria biographica da princesa D. Joanna, filha d'el-rei D. Affonso V”, O Instituto 11:69
Gomes (2006), D. Afonso V: o africano 80-82
Willard (1967), “Isabel of Portugal, Patroness of Humanism?”, Miscellanea di studi e ricerche sul Quattrocento francese 524-25
Zúquete (1960-61), Nobreza de Portugal 1:325-27
Subject Recursos electrónicos - Internet
Internet https://www.wikidata.org/wiki/Q258042 visto 2021-07-14
Record Status Created 1991-08-06
Updated 2021-07-14