Philobiblon (sm)(tm)

Back to Search     Back to Results


Work ID number BITAGAP texid 18953
Authors Luís da Silveira, 1o Conde de Sortelha ?
Titles História que trata dos amores de Naceo e Amperidónia
Date / Place escrito/a 1516 ? - 1533 ?
Text Type: Prosa
References (most recent first) Sánchez Tarrío (2021), “La inscripción latina del túmulo de Luís da Silveira: una auto-imagen sub specie alternitatis”, Documenta & Instrumenta 252
Sharrer (2018), Um poeta do Cancioneiro Geral e as poesias intercaladas no novela sentimental Naceo e Ameridónia passim
Lago et al. (2016), Naceo & Amperidónia. Novela sentimental epistolar
Lemos et al. (2006), “Naceo e Amperidónia: análise do discurso e linguística histórica”, Actas do XXI Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística 445-55
Lemos (2004), “Naceo e Amperidónia: Traços linguísticos duma novela sentimental”, Linguística Histórica e História da Língua Portuguesa: Actas do Encontro de Homenagem a Maria Helena Paiva 153-68
Lago et al. (2002), “Discurso literária e edição de texto: Naceo e Amperidónia”, Actas do XVII Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística 241-46
Quint (2001), “Un étrange roman épistolaire: Naceo e Amperidónia”, Le conte et la lettre dans l'espace lusophone 63-73
Lago (1997), Naceo e Amperidónia: Estatuto da novela sentimental do século XVI
Diogo (1994), “Literatura e curialização: A corte de Portugal”, Gravitações. Sobre literatura medieval portuguesa e francesa 74
Diogo (1994), “Nótulas sobre Naceo e Amperidónia”, Gravitações. Sobre literatura medieval portuguesa e francesa 86-89
Note 1) São conhecidos dois testemunhos manuscritos do romance ou novela sentimental Naceo e Amperidónia, uma obra em prosa com várias poesias intercaladas: Manid 3517 (BNP, COD. 11353), ff. 201r-221r, e Manid 3987 (Biblioteca da Ajuda, MS. 51-VI-38), ff. 210r-231r.

2) Harvey L. Sharrer encontrou (2014-11-04) o segundo testemunho após um exame do Manid 3987. O texto do Manid 3517 [COD. 11353] é incompleto e não ostenta nenhum título nem
identificação do nome do autor. Em contrapartida, o texto no Manid 3987 oferece uma versão integral do texto, embora com um desenlace aberto. A rubrica inicial dá um título descritivo da obra e atribui a autoria a Luís da Silveira, Conde de Sortelha. Também: a versão do MS da Ajuda (Manid 3987) contem uma poesia adicional na parte final do romance não presente no MS da Nacional (Manid 3517).
Number of Witnesses 2
ID no. of Witness 1 cnum 36129
City, library, collection & call number Lisboa: Biblioteca Nacional de Portugal, COD. 11353 [C.F.] (BITAGAP manid 3517)
Copied 1543 ca. - 1546 ca.
Location in witness ff. 202r-222r
Title(s) Luís da Silveira, 1o Conde de Sortelha, História que trata dos amores de Naceo e Amperidónia, escrito/a 1516 ? - 1533 ? [truncado]
References Santos (2004), “Da voz à perspectiva feminina na ficção sentimental em Português (séc. XVI)”, Península. Revista de estudos Ibéricos 1:154
Duarte (1986), Naceo e Amperidónia (Novela sentimental do século XVI)
Hook (1985), “Naceo e Amperidónia: A Sixteenth-Century Portugues Sentimental Romance”, Portuguese Studies 1:11-46
ID no. of Witness 2 cnum 36130
City, library, collection & call number Lisboa: Biblioteca do Palácio da Ajuda, 51-VI-38 (BITAGAP manid 3987)
Copied Lisboa: 1717 ad quem
Location in witness ff. 210r-231r
Title(s) Luís da Silveira, 1o Conde de Sortelha, História que trata dos amores de Naceo e Amperidónia, escrito/a 1516 ? - 1533 ?
Historia que trata dos amores de Naseo e Amperadonia a qual dizem que fez Luiz da Sylveira Conde de Sortelha, 210r
References Lago et al. (2016), Naceo & Amperidónia. Novela sentimental epistolar
Record Status Created 2016-01-14
Updated 2021-08-13