Philobiblon (sm)(tm)

Back to Search     Back to Results


ID no. of Person BITAGAP bioid 1717
Name Lopo de Almeida (D.), 1o Conde de Abrantes [1476-06-13]
Sex M
Title 1o Conde de Abrantes 1476-06-13
alcaide do castelo de Castelo de Torres Novas 1449 ca.
Senhor de Abrantes 1471-11-08
sesmeiro em Abrantes 1473-06-16
Vedor da Fazenda 1460 ca.
Milestones Óbito 1508-05-13
Associated Persons conselheiro de: Afonso V (D.) o Africano, 12. Rei de Portugal [1438 - 1481] (1469 ca.)
filho de: Diogo Fernandes de Almeida, alcaide do castelo de Abrantes [1449 ca.]
pai de: João de Almeida (D.), 2o Conde de Abrantes [1480-01-03]
pai de: Francisco de Almeida (D.), 1o Vice-rei da Índia [1505 - 1509]
sobrinho de: Fernando da Guerra (D.), 30. arcebispo de Braga [1417-12-15 - 1467-09-26]
marido de: Brites da Silva (D.), 1a Condessa de Abrantes
pai de: Isabel da Silva (D.), 1a Condessa de Penela [Coimbra]
vedor de: Afonso V (D.) o Africano, 12. Rei de Portugal [1438 - 1481]
do Conselho de: Afonso V (D.) o Africano, 12. Rei de Portugal [1438 - 1481]
do Conselho de: João II (D.) o Príncipe Perfeito, 13. Rei de Portugal [1481 - 1495]
mordomo-mor de: Juana (D.) La Beltraneja, Rainha de Portugal (1475 ca.)
*escudeiro: Diogo da Alagoa, coudel em Abrantes [1487-05-16] (1482 ca.)
*escudeiro: Cristóvão Marcão, Inquiridor em Abrantes [1482-02-13 antes de] (1482 ca.)
pai de: Fernando de Almeida (D.), filho de Lopo de Almeida, 1o Conde de Abrantes
*escudeiro: Fadrique Lopes, procurador geral em todo o reino em Abrantes [1481-03-22 - 1482-05-23 a quo]
*escudeiro: Diogo Fernandes, escrivão da imposição e carregação do sal em Setúbal [1482-04-25 antes de]
*escudeiro: Álvaro Fernandes, escrivão da dízima do pescado em Abrantes [1482-05-24 antes de]
*criado: Álvaro Eanes, tabelião em Pedeneira [1482-06-27 antes de]
*escudeiro: João Gonçalves, Requeredor da sisa do quarto em Lisboa [1487-03-12]
*capelão: João Nunes, capelão de Lopo de Almeida, 1o Conde de Abrantes
*criado: Martim Gonçalves, criado de Lopo de Almeida, 1o Conde de Abrantes? (1450 ca. [?]) ?(1450 ca. [?])
pai de: Diogo Fernandes de Almeida (D.), Monteiro-mor [1482 ca.]
pai de: Jorge de Almeida, 37. bispo de Coimbra [1482-05-22 - 1543-07-25]
Author of texid 10416 Garcia de Meneses, 31. bispo de Évora… Determinações sobre se armar e prevenir o Reino para a entrada em Castella, se acontecer, escrito/a 1475 antes de
texid 10118 Lopo de Almeida, 1o Conde de Abrantes, Carta a D. Afonso V [1452-02-28], escrita em Roma. [Versão A], escrito/a 1452-02-28
texid 5951 Lopo de Almeida, 1o Conde de Abrantes, Carta a D. Afonso V [1452-02-29], "indo-s'en Roma". [Versão B: Primeira carta], escrito/a 1452-02-29
texid 5952 Lopo de Almeida, 1o Conde de Abrantes, Carta a D. Afonso V [1452-03-22], desde Roma [Versão B: Segunda carta], escrito/a 1452-03-22
texid 5953 Lopo de Almeida, 1o Conde de Abrantes, Carta a D. Afonso V [1452-04-18], desde Nápoles. [Versão B: Terceira carta], escrito/a 1452-04-18
texid 10147 Lopo de Almeida, 1o Conde de Abrantes, Carta a D. Afonso V [1452-04-18], escrita em Nápoles. [Versão A], escrito/a 1452-04-18
texid 10113 Lopo de Almeida, 1o Conde de Abrantes, Carta a D. Afonso V [1452-04-24 ?], escrita em Nápoles. [Versão A], escrito/a 1452-04-24 ?
texid 10120 Lopo de Almeida, 1o Conde de Abrantes, Carta a D. Afonso V [1452-05-04 ?], escrita em Manfredónia, escrito/a 1452-05-04 ?
texid 5954 Lopo de Almeida, 1o Conde de Abrantes, Carta a D. Afonso V [1452-05-08], desde Manfredónia. [Versão B: Quarta carta], escrito/a 1452-05-08 ?
texid 10119 Lopo de Almeida, 1o Conde de Abrantes, Carta a D. Afonso V [1452-05-14], escrita em Manfredónia, escrito/a 1452-05-14
texid 31022 Lopo de Almeida, 1o Conde de Abrantes ~ Luís Gonçalves Malafaia, embaixador… Cartas de Itália a D. Afonso V [séries A e B], 1452
Other Associations with Works texid 26222 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta confirmando para D. Lope de Almeida, do conselho régio e vedor da Fazenda, várias suas mercês, sentenças, alvarás, graças e liberdades, com outras de D. Durate, outorgadas para o dito vedor: todas transcritas nela, escrito/a 1460-02-25
texid 27334 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta dando Fadrique Lopes, escudeiro do conde de Abrantes, por procurador do número na vila de Abrantes, escrito/a 1481-03-02
texid 31018 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta dando Lopo de Almeida, conselheiro régio, vedor da Fazenda régia e senhor da vila de Abrantes, por sesmeiro da dita vila e seu termo, pela guisa que o foi Fernão Lourenço, que morrera, escrito/a 1473-06-16
texid 15043 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta de concessão da pesca do coral a Lopo de Almeida, pelo tempo de nove anos, desde o cabo de Espartel até o rio de Tagadarte, escrito/a 1473-04-22
texid 30859 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta de doação a D. Lopo de Almeida, cavaleiro da casa régia e vedor da Fazenda, da lezíria da Corte dos Cavalos, termo de Azambuja, que pertencera a Maria Eanes, mulher de Gonçalo Pires, que morrera, escrito/a 1446-09-22
texid 24965 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta de doação a Xoay, morador em Elvas, dos bens móveis e de raiz confiscados Brafeme, natural da dita vila, que se lançara, sem licença régia e contra defesa, dos reinos de Portugal para os de Castela e vive agora em Granada, escrito/a 1473-09-10
texid 15729 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta de doação do castelo de Abrantes a Lopo de Almeida, com todos os direitos, rendas e terras da vila que tinha o seu pai, Diogo Fernandes de Almeida., escrito/a 1451-06-25
texid 26816 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta de doação, para D. Lopo de Almeida, do conselho régio e vedor da Fazenda, irrevogável da vila de Abrantes e seu termo, com toda sua juirisdição cível e crime, mero e misto império, reservadas a correição e alçada, e outrorgando que se chamasse Senhor da dita vila, escrito/a 1471-11-08
texid 26813 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta de doação para D. Lopo de Almeida [quando o seu pai, Diogo Fernanndes, falecer, possa tomar posse do castelo da vila de Abrantes, terras, rendas, direitos, etc], escrito/a 1451-06-25
texid 18590 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta de instrução a Lopo de Almeida, embaixador residente em Roma, sobre o que havia de pedir ao papa Pio II por parte de D. Pedro de Meneses, 3o Conde de Vila Real tocante as ilhas Canárias, escrito/a 1463-01-30
texid 26815 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta de mercê para D. Lopo de Almeida, do conselho régio e vedor da Fazenda [privilegiados e escusados três lavradores que lavrarem as suas terras em Azambuja e seu termo de não terem cavalos, nem armas, nem besta de polé, etc.], escrito/a 1469-02-28
texid 26228 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta de moradia para D. Lopo de Almeida, conde de Abrandes e mordomo-mor da rainha D. Leonor, escrito/a 1476-07-17
texid 26229 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta de tença e moradia a Beatriz da Silva, mulher de Lopo de Almeida, senhor de Abrantes, do Conselho régio e vedor da Fazenda, escrito/a 1475-04-11
texid 26814 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta para D. Lopo de Almeida, senhor de Abrantes, confirmando-lhe e aos seus criados, etc. aquelas honras, privilégios. graças, franquezas, favores e exceções régios que teve sendo vedor da Fazenda, escrito/a 1475-10-05
texid 30024 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta que privilegia Lopo de Almeida (conselheiro régio e vedor da Fazenda régia) e a Lourenço Florentino, concedendo-lhes licença por dois anos para levarem o ouro da Adiça régia, que os adiceiros régios extrairem, excepto o de Toura, mediante determinadas condições, escrito/a 1469-11-06
texid 29864 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta que privilegia Mousem Almalle, judeu, mercador e morador em Lisboa, servidor de Lopo de Almeida, conselheiro régio e vedor da Fazenda, dando-lhe licença para uso e porte de armas de dia e noite na dita cidade e por todo o reino e senhorio, bem como pousar em casas e estalagens de cristãos, escrito/a 1469-03-09
texid 14407 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Instrução para D. João Fernandes da Silveira e D. Lopo de Almeida sobre o que haviam de requerir ao Imperador Frederico III aquando do casamento com a Infanta D. Leonor, escrito/a 1451-10-07 ?
texid 26913 Diogo Fernandes de Almeida, alcaide do castelo de Abrantes, Carta testemunhável da venda de umas suas casas (com seus quintais e com suas laranjeiras e outras árvores de fruto na cidade de Lisboa) a João Garcês, cavaleiro da casa de D. Afonso V e escrivão da Câmara régia e da Fazenda o Reino do Algarve do dito rei, escrita nas casas de morada de D. Lopo de Almeida, senhor da vila de Abrantes e vedor da Fazenda do dito rei D. Afonso V, escrito/a 1473-05-21
texid 14508 Fernando da Guerra, 30. arcebispo de Braga, Carta de instrução para D. Lopo de Almeida, de coisas a serem comunicadas a D. Afonso V, escrito/a 1461-02 ca.
texid 26784 João II, 13. Rei de Portugal, Carta confimando D. Lopo de Almeida, do conselho régio, por alcaide do castelo de Torres Novas (com todas as rendas, foro, trbutos e direitos que à dita alcaidaria pertencem), pela guisa que o é por carta de D. Afonso V, escrito/a 1482-02-24
texid 26799 João II, 13. Rei de Portugal, Carta confirmando a D. Lopo de Almeida e a sua mulher D. Beatriz da Silva várias doações a eles feitas [lagares de azeite e azenhas de pão na vila de Torres Novas, junto com os moinhos de Caldeirão, con todas as suas rendas, etc.] por carta de D. Afonso V, escrito/a 1482-02-22
texid 30858 João II, 13. Rei de Portugal, Carta confirmando a doação feita da lezíria da Corte dos Cavalos, termo de Azambuja, a D. Lopo de Almeida,, escrito/a 1449-02-04
texid 26810 João II, 13. Rei de Portugal, Carta confirmando a doação pelo rei D. Afonso V da doação do serviço novo dos judeus de Abrantes a D. Lopo de Almeida, escrito/a 1482-02-25
texid 26811 João II, 13. Rei de Portugal, Carta confirmando a doação por D. Afonso V da lezíria da Corte dos Cavalos, termo de Azambuja, a D. Lopo de Almeida, conde da Abrantes, escrito/a 1482-02-25
texid 27473 João II, 13. Rei de Portugal, Carta confirmando Álvaro Eanes, criado do conde de Abrantes, por escrivão das sisas e dízima nova da Pederneira, pela guisa que o é por carta de D. Afonso V, escrito/a 1482-05-25
texid 26106 João II, 13. Rei de Portugal, Carta confirmando D. Lopo de Almeida, conde de Abrantes, por sesmeiro da dita vila, pela guisa que o é por carta de D. Afonso V, escrito/a 1482-03-26
texid 26206 João II, 13. Rei de Portugal, Carta confirmando Diogo da Alagoa, escudeiro do conde de Abrantes, por escrivão do Almoxarifado da vila de Abrantes, pela guisa que o é por carta de D. Afonso V, escrito/a 1482-02-01
texid 27333 João II, 13. Rei de Portugal, Carta confirmando Fadrique Lopes, escudeiro do conde de Abrantes, por procurador do número na vila de Abrantes, pela guisa que o é por carta de D. Afonso V, escrito/a 1482-05-23
texid 26196 João II, 13. Rei de Portugal, Carta confirmando João Homem, escudeiro de Pero de Sousa, por escrivão da Alfândega e porto de Bragança, pela guisa que o é por carta de D. Afonso V, escrito/a 1482-06-08
texid 26221 João II, 13. Rei de Portugal, Carta confirmando para D. Lope de Almeida, conde de Abrantes, outra tal de D. Afonso V, de 1460, que confimava várias mercês, sentenças e alvarás dele e de D. Durate outorgadas para o dito conde: todas transcritas nela, escrito/a 1482-02-15
texid 26812 João II, 13. Rei de Portugal, Carta confirmando para D. Lopo de Almeida, conde de Abrantes, uma carta de quitação dada pelo rei D. Afonso V [o quarto das novidades, pertence do rei, de haver na várzea régia, acerca da dita vila de Abrantes], escrito/a 1482-03-11
texid 26795 João II, 13. Rei de Portugal, Carta confirmando várias doações para D. Lopo de Almeida, conde de Abrantes [rendas do Mordomado e direitos da Alcaidaria da vila de Torres Novas], pela guisa que as teve no tempo da rainha D. Isabel e por carta de D. Afonso V, escrito/a 1482-02-25
texid 28219 João II, 13. Rei de Portugal, Carta dando João Gonçalves, escudeiro do conde de Abrantes, por requeredor da sisa do quarto em Lisboa, pela guisa que o foi Gonçalo Vasques, que renunciou por instrumento público escrito, 1487-03-06, por Fernão Vasques, público tabelião na dita cidade, escrito/a 1487-03-12
texid 33357 João II, 13. Rei de Portugal, Carta de escambo do celeiro dos reguengos da vila de Abrantes D. Lopo de Almeida, conde da dita vila, que queria fazer lá um hospital, com indicações da administração do dito hospital, escrito/a 1482-12-03
texid 26230 João II, 13. Rei de Portugal, Carta de mercê para D. Lopo de Almeida, conde de Abrantes e do conselho régio, da renda régia os moinhos no Almoxarifado de Santarém, com várias outras, escrito/a 1482-02-26
References (most recent first) Oliveira (2020), “A Adiça Medieval e seus Ourivegeiros”, Akra Barbarion. Sesimbra, cultura e património 41 (n. 46)
Cunha et al. (2019), “The Preparation of Embassies and the Protocols Followed by Royal Portuguese Ambassadors in the Late Middle Ages”, e-Journal of Portuguese History 7
Ribeiro (2011), Príncipes de Portugal: suas grandezas e misérias 121 et passim
Almeida (2010), D. Lopo de Almeida. Memórias do Primeiro Conde de Abrantes. Entre a medievalidade e a modernidade a história de um cortesão português passim
Gutwirth (2009), “Hercules furens and war. On Abravanel's Courtly Context”, Jewish History 23:3:295-96
Brito (2001), “A Burocracia Régia Tardo-Afonsina. A administração central e os seus oficiais em 1476”, 2:74-83 , n. 18
Moreno (1998), “Alcaidarias dos castelos durante a regência do Infante D. Pedro”, Actas del I Congreso de Castellología Ibérica 47
Silva (1996), O Fundador do ‘Estado Português da Índia' D. Francisco de Almeida 1457 (?) - 1510 29-39
Vilar (1988), Abrantes Medieval (1300-1500) passim
Vilar (1988), “A Ascenção de uma Linhagem: A Formação da Casa Senhorial de Abrantes”, Arqueologia do Estado. 1as Jornadas sobre formas de organização e exercício dos poderes na Europa do Sul. Séculos XIII-XVIII 1:334-39
Rau (1971), “Bartolomeo di Iacopo di Ser Vanni Mercador-Banqueiro Florentino 'estante'em Lisboa em Meados do século XV”, Do Tempo e da História 4:105 (n. 27), 108
Repertorium fontium historiae Medii Aevi, primum ab Augusto Potthast digestum, nunc cura collegii historicorum e pluribus nationibus emendatum et auctum (1967-2007) 2:200-01
Barradas (2006), “D. Afonso, 4o Conde de Ourém: viagens, cultura visual e formação de um gosto”, Medievalista online 2:2 , n. e nota 55
Barradas (2005), “Ourém e Porto de Mós - a obra mecena'tica de D. Afonso, 4o Conde de Ourém”,
Askins et al. (2003), “A New Set of Cartas de Itália to Afonso V of Portugal from Lopo de Almeida and Luís Gonçalves Malafaia”, Romance Philology 57:129-46
Lanciani et al. (1993), Dicionário da Literatura Medieval Galega e Portuguesa 424
Rau (1986), “Aspectos do ‘Trato' da ‘Adiça' e da ‘pescaria' do ‘coral' nos finais do século XV”, Estudos de História Medieval 144-51
Moreno (1979-80), A Batalha de Alfarrobeira. Antecedentes e significado histórico 1:698-706
Freire (1973), Brasões da Sala de Sintra 2:308, 351-55
Rau (1972), “Alguns Estudantes e Eruditos Portugueses em Itália no Século XV”, Do Tempo e da História
Machado (1965-67), Bibliotheca lusitana historica, critica e cronologica 3:14-15
Rocha (1965), A Epistolografia em Portugal 49-51
Zúquete (1960-61), Nobreza de Portugal 2:203-04
Cavalheiro (1945), “As Cartas de Lopo de Almeida”, Ocidente 25:306-08
Anónimo (1919), “Cartas de Lopo de Almeida a Affonso V”, Revista de História 8:293-302
Cordeiro (1894), “Portuguezes fora de Portugal: Uma Sobrinha do Infante, Imperatriz da Allemanha e Rainha da Hungria”, Boletim da Sociedade de Geografia de Lisboa 13:747-965
Record Status Created 1989-11-09
Updated 2021-08-11