Philobiblon (sm)(tm)

Back to Search     Back to Results


Work ID number BITAGAP texid 16820
Authors Isabel de Aragão, Rainha de Portugal
Titles Carta sobre o que a Rainha entende e o que não entende ao tomar o hábito de Santa Clara
Declarações da Rainha D. Isabel ao tomar o hábito de Santa Clara
Date / Place escrito/a Santarém (Castelo) 1325-01-08
Text Type: Prosa
Associated Persons Tabelião / Escrivão: Pero Soares, tabelião (1325 ca.)
References (most recent first) Rossi Vairo (2016), “O túmulo de Isabel de Aragão, rainha de Portugal: propostas para uma cronologia antecipada”, O Fascínio do Gótico. Um tributo a José Custódio Vieira da Silva 17-18
Sottomayor-Pizarro (2015), “Isabel, Princess of Aragon (1270-1336): Queen of Portugal, Pilgrim and Saint”, Women and Pilgrimage in Medieval Galicia 89
Rossi Vairo (2012), “Isabelle d' Aragon, reine du Portugal, ‘constructrice de paix' durant la guerre civile (1317-1322)”, Médiation, paix et guerre au Moyen Age. Actes des congrès des societétés historiques et scientifiques (éd. électronique) 154-56
Figanière (1859), Memorias das Rainhas de Portugal 181-82, 273-75
Brandão (1672), Monarquia Lusitana. Parte Sexta VI:479-81
Note Carta, escrita no dia depois da morte de D. Dinis, que modifica as indicações dadas no seu testamento.
Number of Witnesses 1
ID no. of Witness 1 cnum 33521
City, library, collection & call number Lisboa: Biblioteca Nacional de Portugal, C.O. Caixa 15, doc. n. 6, [D. Isabel. Era de 1363-01-08] (Santa Clara de Coimbra) (BITAGAP manid 6181)
Copied Lisboa: 1791 - 1800
Location in witness ff. 1r-2v
Title(s) Isabel de Aragão, Rainha de Portugal, Carta sobre o que a Rainha entende e o que não entende ao tomar o hábito de Santa Clara, escrito/a 1325-01-08
Incipit & Explicits prólogo: [ 1r] In nomine dni … [ 1r] … Amen.
texto: [ 1r] Conhoscão quantos esta nossa presemte carta uirem q̃ nos D. Isabel molher em outro tempo do muito alto e mui nobre Rey e Senhor D. Dinis … [ 2r] … E assi em todo e per todo diremos a uos ditas donas Camareiras, q̃ das sobreditas cousas e de cada huã dellas mandamos fazer e pella nossa carta com nosso seelo em testemunho de verdade.
Note 1) Nota posterior no MS f. 1r:
"No 501
Escritura original do Most.o de Sta Clara de Coimbra | por onde consta q̃ a R. Sta não foy religiosa nem fez | uoto nenhũ, senaõ q̃ por deuaçaõ tomou o habito de | S.ta Clara como voto na morte de seu marido, da mão | de sua Camareiras as qoais nomea."

2) Nota marginal no f. 1r: He m.to nota | uel esta Escritura.

2) Nota no f. 2r: "Tem sello pendente em fita amarella com as ar | mas de Portogal e Aragão: he escritura original".


Record Status Created 2015-01-01
Updated 2020-01-01