Philobiblon (sm)(tm)

Back to Search     Back to Results


ID no. of Person BITAGAP bioid 16395
Name Diogo Lopes Lobo (D.), 3o Senhor de Alvito
Sex M
Title 3o Senhor de Alvito
Milestones Nascimento 1400 ca.[?]
Óbito 1471 antes de
Associated Persons do Conselho de: Afonso V (D.) o Africano, 12. Rei de Portugal [1438 - 1481]
pai de: Maria de Sousa (D.) (1482 ca.), 5(SS)a(ES) Senhora de Alvito
filho de: Rui Dias Lobo, 2o Senhor de Alvito
neto de: Diogo Lopes Lobo o Velho, alcaide do castelo de Évora [cidade] [1390-01-25 ad quem]
*criado: João Dias, Escrivão das sisas em Vila Nova de Alvito [1450-10-12] (1450 ca.)
Other Associations with Works texid 20806 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta a Diogo Lopes Lobo, senhor de Alvito, sobre agravos, escrito/a 1461-08-05
texid 26476 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta confirmando a doação feita a D. Maria de Sousa, na morte de seu pai, Diogo Lopes Lobo, das vilas de Alvito e Vila Nova [da Baronia], com os moinhos e possessões e Mata da Ribeira da Anisa, termo de Alcácer, escrito/a 1471-05-08
texid 26481 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta confirmando D. Maria de Sousa, mulher de D. João Fernandes da Silveira, por herdeira de seu pai Diogo Lopes Lobo por ele não ter filho varão vivo, com as terras de Alvito, Vila Nova de Alvito e Ribeira de Anisa e dando mais as terras de Aguiar e Oriola, escrito/a 1470-09-11
texid 26480 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta dando D. Maria de Sousa, mulher de D. João da Silveira, por herdeira da Casa dos Lobos (Diogo Lopes Lobo, Rui Dias Lobo e Diogo Lopes Lobo, 1o, 2o e 3o Senhores de Alvito) sendo mortos os três filhos varões do dito 3o Senhor seu pai e ela a filha mais velha, com determinações sobre as rendas, direitos e jurisdições da Alvito, Vila Nova de Alvito e Ribeira da Anisa, escrito/a 1470-07-22
texid 30212 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta dando João Dias, criado de Diogo Lopes Lobo, por escrivão das sisas régias e seus feitos em Vila Nova de Alvito, em substituição de Rodrigo Afonso, criado do Infante D. Pedro, que perdera o ofício por ter participado na batalha de Alfarrobeira ao lado do dito Infante, escrito/a 1450-10-12
texid 26482 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Prvilégios para 10 homens a lavrarem e morarem, sendo lavradores, criadores, moleiros, ou rendeiros, na Ribeira de Anisa de Diogo Lopes Lobo, fidalgo da casa régia [isentos de pagarem nos pedidos, peitas, e não sendo postos por besteiros do conto, etc.], escrito/a 1450-10-09
texid 25446 João II, 13. Rei de Portugal, Carta dando a D. Diogo Lopes Lobo, fidalgo da casa régia, por administrador da Capela de Gonçalo Fernandes e de Domingas Domingues, na Igreja de Vila Nova de Alvito, na sequência da administração de Fernão Vasques e de Beatriz Amada, escrito/a 1487-05-23
References (most recent first) Referido em Coelho (2017), Poder e estatuto em Portugal no final da Idade Média. Os Lobo entre a cavalaria e a baronia 76 e passim
Referido em Coelho (2014), “Em torno das elites urbanas na Idade Média: os Lobo de Évora na passagem de Trezentos para Quatrocentos”, Paisagens e Poderes no Medievo Ibérico. Actas do I Encontro Ibérico e Jovens Investigadores em Estudos Medievais - Arqueologia, História e Património 372 e passim
Record Status Created 2016-12-09
Updated 2020-09-02