Philobiblon (sm)(tm)

Back to Search     Back to Results


ID no. of Person BITAGAP bioid 1591
Name Vasco Peres Pardal (Floruit 1251 - 1300)
Vasco Pérez Pardal
Sex M
Milestones Floruit 1251 - 1300 (Oliveira)
Author of texid 4738 Desconhecido… “A Deus gradesco minha senhor [A 276 : T/LP 157,1]”
texid 4836 Desconhecido… “A mais formosa de quantas vejo [A 278 : T/LP 157,3]”
texid 5691 Desconhecido… “Dês hoje mais me quero eu minha senhor [A 271 : T/LP 157,12]”
texid 5741 Desconhecido… “Dizedes vós senhor que vosso mal [A 273 : T/LP 157,15]”
texid 3425 Desconhecido… “Já nunca será mudado [D 859 -01]”
texid 5607 Desconhecido… “Minha senhor quantos en o mundo são [A 275 : T/LP 157,31]”
texid 5379 Desconhecido… “Ora posso eu com verdade dizer [A 268 : T/LP 157,37]”
texid 5040 Desconhecido… “Que mal Amor me guisou de viver [A 267 : T/LP 157,46]”
texid 4562 Desconhecido… “Senhor formosa já nunca será [A 270 : T/LP 157,56]”
texid 4563 Desconhecido… “Senhor formosa já perdi o sen [A 269 : T/LP 157,57]”
texid 4585 Desconhecido… “Senhor formosa queria saber [A 272: T/LP 157,61]”
texid 4354 Desconhecido… “Tão muito mal me vem de amar [A 274 : T/LP 157,62]”
texid 4855 Vasco Peres Pardal, “Amiga bem cuido eu do meu amigo [B 824 : V 409 : T/LP 154,1]”, escrito/a 1251 ? - 1275 ?
texid 4894 Vasco Peres Pardal, “Amigo que cuidades a fazer [B 820 : V 405 : T/LP 154,2]”, escrito/a 1251 ? - 1275 ?
texid 4910 Vasco Peres Pardal, “Amigo vós ides dizer [B 823 : V 408 : T/LP 154,3]”, escrito/a 1251 ? - 1275 ?
texid 4164 Vasco Peres Pardal, “Coitada sejo no meu coração [B 821 : V 406 : T/LP 154,4]”, escrito/a 1251 ? - 1275 ?
texid 5676 Vasco Peres Pardal, “De qual engano prendemos [B 1506 : T/LP 154,5]”, escrito/a 1251 ? - 1275 ?
texid 5771 Vasco Peres Pardal, “Dom Ansur por qual serviço fazedes [B 1507 : T/LP 154,6]”, escrito/a 1251 ? - 1275 ?
texid 5631 Vasco Peres Pardal, “Muito bem me podia Amor fazer [B 453 : V 60 : T/LP 154,7]”, escrito/a 1251 ? - 1275 ?
texid 5151 Vasco Peres Pardal… “Pedro Amigo quero de vós saber [B 1509 : T/LP 154,8]”, escrito/a 1251 ? - 1275 ?
texid 5256 Vasco Peres Pardal, “Por Deus amiga provado um dia [B 822 : V 407 : T/LP 154,9]”, escrito/a 1251 ? - 1275 ?
texid 4527 Vasco Peres Pardal, “Sempre eu punhei de servir minha senhor [B 451 : V 58 : T/LP 154,10]”, escrito/a 1251 ? - 1275 ?
texid 4537 Vasco Peres Pardal, “Senhor dês quando em vós cuidei [B 452 : V 59 : T/LP 154,11]”, escrito/a 1251 ? - 1275 ?
texid 4543 Vasco Peres Pardal, “Senhor Dom Ansur se vos querelou [B 1508 : T/LP 154,12]”, escrito/a 1251 ? - 1275 ?
texid 4382 Vasco Peres Pardal, “Vedes agora que mala ventura [B 1505 : T/LP 154,13]”, escrito/a 1251 ? - 1275 ?
Other Associations with Works texid 5151 Vasco Peres Pardal… “Pedro Amigo quero de vós saber [B 1509 : T/LP 154,8]”, escrito/a 1251 ? - 1275 ?
References (most recent first) Brea et al. (1996), Lírica profana galego-portuguesa 2:964 , n. 154
Lanciani et al. (1993), Dicionário da Literatura Medieval Galega e Portuguesa 651-53
Oliveira (1992), “Depois do Espectáculo Trovadoresco. A estrutura dos cancioneiros peninsulares e as recolhas dos sécs. XIII e XIV”, 450 (An. 3), 573-75
Tavani (1980-83), La poesia lirica galego-portoghese 2:1:8:56; 75-76; 83 , n. a154; c154; h154
Majorano (1979), Il canzoniere di Vasco Perez Pardal
Heur (1975), Recherches internes sur la lyrique amorureuse des troubadours galiciens-portugais (XIIe-XIVe siècles) 599 , n. 150
Subject Poesia - Até 1351 - Satírica
Record Status Created 1989-08-07
Updated 1999-11-04