Philobiblon (sm)(tm)

Back to Search     Back to Results


ID no. of Person BITAGAP bioid 1491
Name Henrique da Mota, Juiz dos Órfãos [1521-05-15 ca.]
Anrique da Mota
Sex M
Title Juiz dos Órfãos 1521-05-15 ca.
Milestones Floruit 1480 - 1539
Affiliation jurista
Author of texid 3335 Henrique da Mota, Juiz dos Órfãos, “A madre que começava [D 800]”
texid 3352 Henrique da Mota, Juiz dos Órfãos, “A quem Deus tem ordenado [D 803 -15]”
texid 3350 Henrique da Mota, Juiz dos Órfãos, “Bem posso eu com razão [D 803 -13]”
texid 3329 Henrique da Mota, Juiz dos Órfãos, “Destas idas destas vindas [D 796 -02]”
texid 3333 Henrique da Mota, Juiz dos Órfãos, Farsa do Alfaiate, escrito/a 1496 ? - 1506-07-02 ?
texid 3334 Henrique da Mota, Juiz dos Órfãos, Farsa do Hortelão, escrito/a 1496 ? - 1506 ?
texid 3323 Henrique da Mota, Juiz dos Órfãos, “Já vitória não é [D 794 -01]” (tr. Antónia Vieira)
texid 3337 Henrique da Mota, Juiz dos Órfãos, Lamentação da Mula
texid 3324 Henrique da Mota, Juiz dos Órfãos, “Matar um homem vencido [D 794 -02]” (tr. Antónia Vieira)
texid 3336 Henrique da Mota, Juiz dos Órfãos, “No Verão ir confessar [D 801]”
texid 3339 Henrique da Mota, Juiz dos Órfãos, “Pois destes tão levemente [D 804 -02]”
texid 3326 Henrique da Mota, Juiz dos Órfãos, “Pois não se escusa perder [D 795 -02]”
texid 3332 Henrique da Mota, Juiz dos Órfãos, “Pois não tenho aqui parentes [D 797 -02]”, escrito/a 1514-03
texid 3331 Henrique da Mota, Juiz dos Órfãos, Pranto do Clérigo, escrito/a 1514-03
texid 3338 Henrique da Mota, Juiz dos Órfãos, Processo de Vasco Abul, escrito/a 1509
texid 3330 Henrique da Mota, Juiz dos Órfãos, “Quanto ganho nos partidos [D 796 -03]” (tr. Martinho de Castelo-Branco, 1o Conde de Vila Nova de Portimão)
texid 3327 Henrique da Mota, Juiz dos Órfãos, “Quem nesta vida cuidar [D 795 -03]”
texid 3322 Henrique da Mota, Juiz dos Órfãos, “Se vossa mercê quisera [D 793]” (tr. Antónia Vieira)
texid 3328 Henrique da Mota, Juiz dos Órfãos, “Senhor a quem Febo deu [D 796 -01]”
Other Associations with Works texid 3351 Gil Vicente, Mestre, “Vossa Alteza me perdoe [D 803 -14]”
References (most recent first) Esteves (2015), “Relendo Anrique da Mota”, Veredas 23:[a vereficar]
Esteves (2014), “Os clássicos na obra de Anrique da Mota”, Matrizes Clássicas da Literatura Portuguesa: uma (re)visão da literatura portuguesa das origens à contemporaneidade 65-73
Palla (2011), “Uma audiência labiríntica teatralizada -- Henrique da Mota e O Processo de Vasco Abul”, Por s'entender bem a letra. Homenagem a Stephen Reckert 553-60
Ribeiro (2007), “Três breves apontamentos sobre poetas do Cancioneiro Geral (Diogo Brandão, Anrique da Mota e o Doutor Francisco de Sá”, Estudos para Maria Idalina Resina Rodrigues, Maria Lucília Pires, Maria Vitalina Leal de Matos 177-85
Ferré (2003), “Breves notas sobre el teatro de Anrique de Mota y Gil Vicente”, Em Louvor da Linguagem […]
Maleval (2003), “Gil Vicente e o pranto medieval”, Gil Vicente 500 anos depois. Actas do Congresso Internacional 2:141-50
Mateus et al. (1999), Obras de Anrique da Mota
Dias et al. (1998), História Crítica da Literatura Portuguesa. Volume I. Idade Média 1:298-301
Stern (1996), The Medieval Theater of Castile 188-89
Barata (1993), Invenções e Cousas de Folgar: Anrique da Mota e Gil Vicente
Lanciani et al. (1993), Dicionário da Literatura Medieval Galega e Portuguesa 54-55
Faingold (1991), “Judíos y conversos en el teatro portugués pre-vicentino. La "Farsa do Alfaiate" en el Cancioneiro geral de Resende”, Sefarad
Miller (1982), Obras de Henrique da Mota (As Origens do Teatro Ibérico)
Aguiar (1974), “Tribunal e Litugia na base do teatro de Anrique da Mota”,
Miller (1972), “Henrique da Mota and the Origins of Iberian Drama”,
Ramos (1969), “Obras de Anrique da Mota, poeta do Cancioneiro Geral”,
Machado (1965-67), Bibliotheca lusitana historica, critica e cronologica 2:454
Record Status Created 1989-04-14
Updated 2016-10-31