Philobiblon (sm)(tm)

Back to Search     Back to Results


Work ID number BITAGAP texid 1238
Authors Desconhecido
Fernão Lopes, cronista-mor ?
Titles Crónica de 1419 [Série - 1419]
Crónica de Cinco Reis
Crónica de Sete Reis
Crónica Geral do Reino
Crónica do Reino
História Geral dos Feitos do Reino
Crónica Geral dos Notáveis Feitos dos Reis de Portugal
Crónica de Portugal
Crónica Geral de Portugal de 1419
Crónica dos Sete Primeiros Reis de Portugal
Date / Place escrito/a 1419
Text Type: Prosa
Associated Texts texid 14206 Desconhecido, Crónica breve de D. Afonso IV [ver. 1344/1459], escrito/a 1459 a quo [?]
Assunto/Tema: Derivado, em parte, de: texid 9373 Desconhecido, Crónica do Mestre Paio Peres Correia (tr. Paio Pires), escrito/a 1341 ? - 1350 ?
texid 14278 Desconhecido, Milagres do Cavaleiro Henrique de Bona
Contém texid 1231 Desconhecido… Crónica de D. Afonso Henriques [Série - 1419], escrito/a 1419
texid 1231 Desconhecido… Crónica de D. Afonso Henriques [Série - 1419], escrito/a 1419
Contém texid 1233 Desconhecido… Crónica de D. Afonso II [Série - 1419], escrito/a 1419
texid 1233 Desconhecido… Crónica de D. Afonso II [Série - 1419], escrito/a 1419
Contém texid 1235 Desconhecido… Crónica de D. Afonso III [Série - 1419], escrito/a 1419
texid 1235 Desconhecido… Crónica de D. Afonso III [Série - 1419], escrito/a 1419
Contém texid 1237 Desconhecido… Crónica de D. Afonso IV [Série - 1419], escrito/a 1419
texid 1237 Desconhecido… Crónica de D. Afonso IV [Série - 1419], escrito/a 1419
Contém texid 1236 Desconhecido… Crónica de D. Dinis [Série - 1419], escrito/a 1419
texid 1236 Desconhecido… Crónica de D. Dinis [Série - 1419], escrito/a 1419
Contém texid 1232 Desconhecido… Crónica de D. Sancho I [Série - 1419], escrito/a 1419
texid 1232 Desconhecido… Crónica de D. Sancho I [Série - 1419], escrito/a 1419
Contém texid 1234 Desconhecido… Crónica de D. Sancho II [Série - 1419], escrito/a 1419
texid 1234 Desconhecido… Crónica de D. Sancho II [Série - 1419], escrito/a 1419
Contém texid 1230 Desconhecido… Crónica do Conde D. Henrique [Série - 1419], escrito/a 1419
texid 1230 Desconhecido… Crónica do Conde D. Henrique [Série - 1419], escrito/a 1419
cnum 30004 MS: Desconhecido… Capítulo sobre a ida do Infante D. Afonso para França, escrito/a 1419. Lisboa: Biblioteca Nacional, COD. 376, 1501 - 1600
cnum 30003 MS: Innocentius III, Papa, Carta a D. Sancho I sobre a tomada de Jerusalem pelos mouros, escrito/a 1199-02-03 ?. Lisboa: Biblioteca Nacional, COD. 376, 1501 - 1600
Assunto/Tema: Derivado, em parte, de texid 9644 Pedro Afonso, 3o Conde de Barcelos, Crónica Geral de Espanha de 1344 [Primeira Redacção], escrito/a 1344-01-21 ca.
References (most recent first) Oliveira (2021), “Das memórias de Paio Peres Correia à Crónica do Mestre: os testemunhos portugueses”, Memoria y fuentes de la guerra santa peninsular (siglos X-XV) 351-56
Dias (2020), “Corpos narrativos. Identidade e memória codificada na carne”, Escritura somática. La materialidad de la escritura en las literaturas ibéricas de la Edad Media a la temprana modernidad 86, nota 3
Dias (2020), “Relatos de peregrinação a Santiago de Compostela em contexto mendicante: S. Francisco, Fr. Gil e Sta. Isabel”, Ad Limina 124, 126
Olaia (2020), “O rei que esmorece e a rainha sanhuda: a crise dinástica de 1383-1385 através das emoções nas crónicas de Fernão Lopes”, Medievalista online
Oliveira (2020), “De Leão a Portugal: A Ordem Militar de Santiago”, Ad Limina 141-42
Tibúrcio (2020), “A Crónica Geral de Espanha de 1344 entre os séculos XIV e XV: A génese de um scriptorium de corte?”, Juvenes - The Middle Ages seen by young researchers
Vilar (2020), “Crime e perdão: a morte de dois Bispos no Portugal do século XIV”, La muerte de los príncipes en la Edad Media. Balance y perspectivas historiográficas 57-59
Dias (2019), “Linhagens imaginadas e relatos fundacionais desafortunados”, Avatares y perspectivas del medievalismo ibérico 1:188-90, 193
Funke (2019), “O lugar da Sé de Lisboa em Portugal durante os reinados de D. Dinis e D. Afonso IV (1279-1357)”, passim
Gomes (2019), “Tradução e polifonia na literatura medieval: o caso da Crónica do Mouro Rasis”, Vozes e Letras. Polifonia e subjectividade na literatura portuguesa antiga 64
Medeiros (2019), “Perfil e atuação política de Isabel de Aragão através de algumas cartas”, XII Encontro Internacional de Estudos Medievais. III Seminário Internacional sobre Hagiografia Medieval 158
Moreira (2019), Commemorative stamp of the 600th anniversary of the Crónica de Portugal de 1419 / Selo comemorativo dos 600 anos da Crónica de Portugal de 1419
Oliveira (2019), “Charamelas e Trombetas: Em torno da música na cronística portuguesa dos finais da Idade Média”, passim
Pires (2019), “Batalha de Aljubarrota: Novos elementos interpretativos”, 150
Russo (2019), “A Crónica de D. Pedro I: a estratégia cronística em Fernão Lopes”, 113-17
Silva et al. (2019), “As tercenas régias de Lisboa: D. Dinis a D. Fernando”, O Mar como Futuro de Portugal (c. 1223 - c. 1448). A propósito da contratação de Manuel Pessanha como Almirante por D. Dinis 252
Simões (2019), “'As representações do saber. Uma visão dos letrados nas crónicas portuguesas tardomedievais'. Preâmbulo a um projeto”, Incipit 7. Workshop de Estudos Medievais da Universidade do Porto, 2018 73
Rosa et al. (2018-10), “La noblesse dans la frontière nord-africaine (Portugal, 1415-1515): guerre, chevalerie, croisade”, e-Spania 31
Afonso (2018), “Métodos de comando, controlo e coordenação nos contingentes militares das ordens no ocidente peninsular”, Entre Deus e o Rei. O mundo das Ordens Militares 1:339 e passim
Beceiro Pita (2018), “La incidencia de la religiosidad en el establecimiento de las monarquías hispánicas de fines del medievo”, La espiritualidad y la configuracion de los reinos ibéricos (siglos XII-XV) 357
Farelo (2018), “Une affaire de justice. Le roi Denis et le processus d'extinction de l'ordre du Temple au Portugal (1307-1319)”, Entre Deus e o Rei. O mundo das Ordens Militares 2:705-06
Fernández-Ordóñez (2018), “Actores y autores en la historiografía regia de la Baja Edad Media ibérica”, Histoires, femmes, pouvoirs. Peninsule Ibérique (IXe-XVe siècle). Mélanges offerts au Professeur Georges Martin
Oliveira (2018), “Uma história às avessas: a historiografia do Templo em Portugal”, Entre Deus e o Rei. O mundo das Ordens Militares 2:671-73, 676, 678, 684
Lima (2018), “A diplomacia e a história do reino (Portugal, século XV)”, Revista OPSIS 97
Martins et al. (2018), “Portugal Late Middle Ages: The Late Middle Ages 1249-1367”, War in the Iberian Peninsula, 7000-1600 219
Monteiro et al. (2018), “The Scars of War in the Portuguese Border Zone (1250-1450)”, e-Stratégica 2:103, 105, 107-08, 111
Oliveira (2018), “A conquista, o padroeiro e os priores de Loulé”, Atas. I Encontro de História de Loulé 72-73
Sousa (2018), “A Ordem de Santiago, a Coroa Portuguesa e a Construção de uma Memória sobre a Conquista do Algarve”, Al’-ulyã 20:71-77
Simões (2018), “As representações do saber. Uma visão dos letrados nas crónicas portuguesas tardomedievais”, 18-20 e passim
Coelho (2017), “As Feridas da Guerra no Portugal Medievo. Violência, sofrimento e cuidados médicos no campo de batalha”, 3 e passim
Lang (2017), “Von bezeichneten Körpern und beschrifteten Schuhen - 'Körperschrift' und Narration in iberischen Literaturen des 14. und 15. Jahrhunderts”, Graffiti: Deutschsprachige Auf- und Inschriften in sprach- und literaturweissenschaftlicher Perspektive 80-84, 87-88
Martins (2017), “Prisoners of War in Portugal (Twelfth to Mid Fourteenth Century)”, e-Stratégica 243 e passim
Monteiro (2017), Nuno Álvares Pereira -- Guerreiro, senhor feudal, santo: os Três Rostos do Condestável 24-25, 39, 51
Ramos (2017), “Retórica e historiografia em Rui de Pina (D. Sancho I, D. Afonso II e D. Sancho II)”, En Doiro antr'o Porto e Gaia. Estuds de Literatura Medieval Ibérica 843 e passim
Valdaliso-Casanova (2017), “Ipsa domina agnes. On the historical basis of the myth of Inês de Castro”, Proslogion 3:1:passim
Boisselier (2016), “O papel da instituição régia no Portugal medievo: ensaio de uma perspectiva estrutural”, Locus, Revista de História 22, n. 1:160, 162
Ferro (2016), “A livraria de D. Duarte (1433-1438) e seus livros em linguagem”, História e Cultura: Dossiê Os primeiros passos dos escritos em línguas vernáculas na Idade Média 5:142-43 , n. 5
Luís (2016), “Da defesa do reino à construção do império: o mito de Ourique e a ideologia da expansão portuguesa (séculos XV-XVI)”, Cultura em Movimento. Livro de Atas do I Congresso Internacional sobre Cultura 126, 139, 142-43
Michelan (2016), “A escrita de um feito inglório: o cerco português a Tânger, em 1437”, História e Cultura: Dossiê Os primeiros passos dos escritos em línguas vernáculas na Idade Média 5:182
Ramos (2016), “Nova ou velha História? Revisitação da historiografia sobre a tomada de Ceuta: Esboço de uma viragem motodológica”, Roda da Fortuna 5:210-13
Ramos (2016), “Cristãos e Mulçulmanos no Magrebe Ocidental: A Definição de uma Fronteira Zonal (1414/818-1521/927)”, Incipit 5. Workshop de Estudos Medievais da Universidade do Porto 34-44
Dimas et al. (2015), Redenção e Escatologia. Estudos de Filosofia, Religião, Literatura e Arte na Cultura Portuguesa. Vol. I 1:2:149-
Fonseca et al. (2015), “Historiography and Portuguese Identity: How in Medieval Portugal the kingdom is seen through the eyes of the Iberian Peninsula”, Catalonia and Portugal: The Iberian Peninsula from the Periphery 286-87
Recuero Lista (2015), “La guerra de 1336 entre Portugal y Castilla. Una visión comparativa entre la Gran Crónica de Alfonso XI y la Crónica dos Sete Primeiros Reis de Portugal”, Estudios medievales hispánicos 4:111-38
Moreira (2015), “Escatologia, redenção e memória na historiografia portuguesa do séc. XV (Crónica de 1419; Crónica do Condestabre; Tratado da Vida do Infante D. Fernando; Crónica de D. Afonso Henriques)”, Redenção e Escatologia: Estudos de Filosofia, Religião, Literatura e Arte na Cultura Portuguesa 149-
Oliveira (2015), “La sociologie des ordres militaires. Une enquête à poursuivre”, Élites et ordres militaires au Moyen Âge. Rencontre autour d' Alain Demurger 159
Rossi Vairo (2015), “Il protagonismo d'Isabel d'Aragona, regina del Portogallo, nella guerra civile alla luce delle fontí portoghesi, aragonesi e dei Regesta Vaticana (1321-1322”, Reginae Iberiae. El poder regio femenino en los reinos medievales peninsulares
Zierer (2015), “O rei Artur e sua apropriação na longa duração, do rei Afonso III, de Portugal, a D. Sebastião, o Desejado”, Revista Graphos 17:2:82-83
Alfonso Pinto (2014), “La dimensión épica y religiosa en la primera parte de la Crónica de cinco reis de Portugal”, La lengua portuguesa, Vol. 1: Estudios sobre literatura y cultura de expresión portuguesa passim
Messias et al. (2014), “O herói da dinastia de Borgonha: As maravilhas realizadas pelo Rei Afonso III na Crônica dos Sete Primeiros Reis de Portugal”, Nas Trilhas da Antiguidade e Idade Média
Sánchez Tarrío (2014), “Del antigoticismo en la Península Ibérica: los godos en la cultura portuguesa”, Wisigothica after M.C. Díaz y Díaz 675
Moreira (2014), “Enquadramento da Produção Literária [Capítulo 21]”, Entre Portugal e a Galiza (Sécs. XI a XVII). Um olhar peninsular sobre uma região histórica passim
Moreira (2014), “Tradición y reescritura: de la Crónica de Alfonso XI a la Crónica de Afonso IV”, El Texyto infinito. Tradición y reescritura en la Edad Media y el Renacimiento passim
Moreira (2014), ¿Cómo trabajaban los cronistas portugueses? Los relatos de la guerra civil de 1319-1324 37:passim
Neto (2014), “As Ordens Militares na cultura escrita da Nobreza (1240-1380). Representações nas cantigas de escárnio e de maldizer e nos nobiliários medievais portugueses”, Incipit 2. Workshop de Estudos Medievais da Universidade do Porto, 2011-12 31, 36
Guimarães (2013), “A Crónica de 1419: Transformações e identidade”, Identidades e Fronteiras no Medievo Ibérico 151-75
Guimarães (2013), "Por São Jorge! Por São Tiago!": batalhas e narrativas ibéricas medievais
Messias (2013), “Cristão, guerreiro e conquistador: imagens do rei Afonso III na Crónica dos Sete Primeiros Reis de Portugal”, Atas do X Encontro Internacional de Estudos Medievais - Diálogos ibero-americanos [ABREM. Brasília, 2013] 312-20
Moreira (2013), A Crónica de Portugal de 1419: Fontes, estratégias e posteridade
Fernandes (2012-03), “A representação da realeza e da nobreza na crónica de 1419”,
Azevedo (2012), “As Representações das Conquistas Cristãs: Lisboa (1147) e Silves (1189)”, 9, 12, 42, 49, 100, 113, 136, 138-39, 147-49, 153-62 e 166
Valente (2012), “The End of the Knights Templar in Portugal: Loyalty or Pragmatism?”, As Ordens Militares: Freires, Guerreiros, Cavaleiros. Actas do VI Encontro sobre Ordens Militares 1:361
Silva (2012), “Os feitos de D. Fuas Roupinho na Crónica de 1419”, Revista Portuguesa de História 43:91-104
Teodoro (2012), A escrita do passado entre monges e leigos. Portugal - séculos XIV e XV 15, 22, 90-92, 111
Toipa (2012), “As fontes históricas do De vita et moribvs B. Elisabethae lvsitaniae reginae libri III de Pedro João Perpinhão, S.J. O conflito entre D. Dinis e seu filho e a intervenção de D. Isabel”, Máthesis 21
Toipa (2012), “O perfil de historiador de Pedro João Perpinhão à luz de De Vita et Moribus B. Elisabethae Lusitaniae Reginae”, Ágora. Estudos Clássicos em Debate 14:285-323
Martins (2011), De Ourique a Aljubarrota: A Guerra na Idade Média
Michelan (2011), “Duas facetas da guerra no final do medievo português: a guerra peninsular e a além-mar”, Revista OPSIS 11:1:197-200
Silva (2011), “As metamorfoses de um guerreiro: Afonso Henriques na cronística medieval”,
Amado (2010), “Crónica de 1419”, The Encyclopedia of the Medieval Chronicle
França (2010), “Uma escrita do passado centrada nas guerras”, Cadernos de História 11:14:54, 56 e 57
Gonçalves (2010), A postura do rei Dom Dinis, o Trovador de Portugal (1279-1325) perante os conflitos políticos em seu reinado 7:72-82
Picoito (2010), “As ordens militares e o culto dos mártires em Portugal”, Ordens Militares e Religiosidade. Homenagem ao Professor José Mattoso 89
Moreira (2010), “As cores e as origens de Portugal entre o Conde de Barcelos e Fernão de Oliveira”, Cores. Actas do VII Colóquio da Secção Portuguesa da Associação Hispânica de Literatura Medieval 147-56
Effgen (2010), “A imagem do monarca D. Dinis: uma análise comparada entre a Crônica geral de Espanha de 1344 e a Crônica de Portugal de 1419”, O Portugal medieval: monarquia e sociedade 91-99
Oliveira (2010), “Para o estudo da religiosidade dos freires: as fontes e alguns problemas”, Ordens Militares e Religiosidade. Homenagem ao Professor José Mattoso 30
Dias (2009), “A Cronica del-rei dom Affomso, fonte perdida da Crónica de 1419”, Anais, VII Encontro Internacional de Estudos Medievais. Idade Média: permanência, atualização, residualidade 552-62
Mattoso (2009), “As três faces de Afonso Henriques”, Naquele Tempo. Ensaios de História Medieval 469-70
Moreira (2009), “A Primeira Redacção da Crónica Geral de Espanha de 1344, fonte da Crónica de 1419?”, Seminário Medieval 2007-2008
Pereira (2009), “Rui de Pina: os factos, os retratos e as ideias”, Praça Velha. Revista Cultural da Cidade da Guarda
Rebelo (2009), “Os números da guerra e o pragmatismo do tópico dos Macabeos nos Príncipes de Avis”, A Guerra e a Sociedade na Idade Média. Actas das VI Jornadas Luso-Espanholas de Estudos Medievais 1:119-30
Guimarães (2008), “O Papel da Violência na Ordem Pública”, Biblos 22:69-81
Nogueira (2007), “Amor de perdição: as mulheres entre a monarquia e o poder aristocrático nas crônicas portuguesas”, Raízes Medievais do Brasil Moderno. Actas. 157-60
Michelan (2006), O lugar do passado nas compilações da história do primeiro monarca português
Beceiro Pita (2006), “La recepción de la cultura aristocrática castellana en el Portugal de los Avis”, Estudos em homenagem ao Professor Doutor José Marques 2:226
Rebelo (2006), “O verdadeiro carácter de D. Fernando, o Infante Santo”, Humanitas
Martins (2005), “A guerra esquiva. O conflito luso-castelhano de 1336-1338”, Promontoria 3:20 et passim
Sebastião (2005), “Retrato(s) de D. Paio Peres Correia”,
Michelan (2004), “Três histórias de Afonso Henriques: compilação, reprodução e reconstrução de uma trajetória e de uma imagem”,
França (2003), “O problema da originalidade e da autoria nas crônicas medievais”, Anais do IV Encontro Internacional de Estudos Medievais 383, 385, 387
Rebelo (2001), “Martyrium et Gesta Infantis Domini Fernandi. Edição crítica. Tradução. Estudo Filológico”,
Gameiro et al. (2000), A construção das memórias nobiliárquicas medievais. O passado da linhagem dos senhores de Sousa 135, 177 e passim
Sousa et al. (2000), Os Pimentéis: Percursos de uma Linhagem da Nobreza Medieval Portuguesa (séculos XIII-XIV) 129-30
Krus (2000-01), “Historiografia. I. Época Medieval”, Dicionário de História Religiosa de Portugal 4:520
Lima (1998), Armas de Portugal: origem, evolução significado 4, 17, 23, 24, 27-28, 30, 32, 34, 52
Marques (1994), “O Mosteiro de Oia e a granja da Silva, no contexto das relações luso-castelhanas dos séculos XIV-XV”, Relações entre Portugal e Castela nos finais da Idade Média 211-12
Franco Silva et al. (1989), “Los Pacheco. La imagen mítica de un linaje portugués en tierras de Castilla”, Actas das II Jornadas Luso-Espanholas de História Medieval 3:957-58
Marques (1989), “Os Mártires de Marrocos e Raimundo Lulu e a evangelização portuguesa no Norte de África até ao século XVI”, Congresso Internacional Bartolomeu Dias e a sua Época. Actas 5:343-68
Porfírio (1967), “A Crónica de 1419: problemas de mentalidade e estruturas sociais”,
Repertorium fontium historiae Medii Aevi, primum ab Augusto Potthast digestum, nunc cura collegii historicorum e pluribus nationibus emendatum et auctum (1967-2007) 3:420
Basto (1956-05-18), “Uma história inconcebível de feitiçaria”, O Primeiro de Janeiro
Basto (1956-05-11), “Um raro serviço do tão mal julgado cronista Cristóvão Rodrigues Acenheiro”, O Primeiro de Janeiro
Basto (1951-05-04), “Se…”, O Primeiro de Janeiro
Basto (1951-04-27), “Uma afirmação e uma conjectura”, O Primeiro de Janeiro
Basto (1951-04-24), “Rui de Pina na 'berlinda…'”, O Primeiro de Janeiro
Basto (1949-10-28), “'To be or not to be'!…”, O Primeiro de Janeiro
Basto (1949-10-21), “Mas quem foi que disse?!”, O Primeiro de Janeiro
Basto (1946-01-18), “Rui de Pina e o caso da truta”, O Primeiro de Janeiro
Basto (1943-07-23), “De como uma troca de letras deu que pensar a Duarte Galvão”, Diário da Manhã 107-12
Basto (1942-09-11), “Fernão Lopes e a 'Crónica Geral do Reino'”, O Primeiro de Janeiro
Gomes (2008-06), “Léxico feudo-vassálico nos primeiros relatos do reinado de D. Dinis”, GUARECER on-line 1-17
Moreira (2007-12), “A Primeira Redacção da Crónica Geral de Espanha de 1344, Fonte da Crónica de 1419?”, GUARECER on-line
Sousa (2007), “Medieval Portuguese Royal Chronicles. Topics in a Discourse of Identity and Power”, e-journal of Portuguese History
Ventura (2007), A Definição das Fronteiras - 1096-1297 30 et passim
Silvério (2006), “A Retórica do Coração no Discurso Cronístico da Realeza de Borgonha”, O Corpo e o Gesto na Civilização Medieval. Actas do Encontro 201-15
Gomes (2005), “Zurara and the empire: Reconsidering fifteenth-century Portuguese historiography”, Storia della Storiografia - Histoire de l'historiographie - History of Historiography 47:56-89
Monteiro (2005), “Publiciting the war in urban context, Portugal - 1319-1324”, Medievalista online 1:1
Ramos (2005), “Um silêncio na história literária portuguesa: Mathilde de Boulogne”, Actas del IX Congreso Internacional de la Asociación Hispánica de Literatura Medieval 3:406-12
Sobral (2005), “O Modelo discursivo hagiográfico”, Modelo. Actas do V Colóquio da Secção Portuguesa da Associação Hispânica de Literatura Medieval 97-107
Silvério (2004), Representações da Realeza na Cronística Medieval Portuguesa. A Dinastia de Borgonha
Amado (2003), “Ainda sobre o Milagre de Ourique”, Da Decifração em Textos Medievais. IV Colóquio da Secção Portuguesa da Associação Hispânica de Literatura Medieval 301-10
Silvério (2003), “Imagens da realeza na Crónica de 1419”, Discursos de Legitimação. Actas
Duarte (2002), “A Crónica perdida de Vasco Fernandes de Lucena”, Biblos 78:131
Amado (2001), “Fernão Lopes”, História da Literatura Portuguesa. Vol. I […] 441-44
Dias (2001), “Uma tradição portuguesa sobre S. Vicente”, Figura. Actas do II Colóquio […] 233-46
Alfonso-Pinto (1999), “The ‘Crónica de Cinco Reis de Portugal': The Influence of Castilian Historiography on the Epic Tradition of D. Afonso Henriques”,
Alonso (1999), “Rodríguez del Padrón, Inés de Castro y la materia de Bretaña”, Inês de Castro. Studi. Estudos. Estudios 41
Carmelo (1999), “O milagre de Ourique ou um mito nacional de sobrevivência”, Biblioteca On-line de Ciencias da Comunicação
Fino (1999), “Na fábrica do mito. Algumas notas sobre a estoria de D. Afonso I”, Revista da Faculdade de Letras. Línguas e Literaturas. Segunda Série 16:236-38
Calado (1998), Crónica de Portugal de 1419
Oliveira (1998), “Mulheres e fronteira na cronística medieval dionisiana”, IV Jornadas Luso-espanholas […]
Branco (1997), “O lugar do mestre Paio Correia na história - 1. A Crónica de 1419 e a Crónica da Conquista do Algarve”, Actas del VI Congreso Internacional […] 1:357-64
Calado (1996), “A Crónica de Portugal de 1419 e as teses de Damião de Góis”, Revista da Universidade de Aveiro / Letras 13:69-88
Esteves (1995), “Relações entre as lendas de Fernão Gonçalves e Afonso Henriques”, Medioevo y literatura […]
Cepeda (1995), Bibliografia da Prosa Medieval em Língua Portuguesa 77-81
Figueiredo (1994), “Da imagem do inimigo à construção do herói: o reinado de Afonso Henriques na Crónica de Cinco Reis de Portugal”, A Guerra até 1450 […]
Antunes (1994), “Vozes e visões”, A Guerra até 1450 […]
Fournier (1994), “Afonso XI e Afonso IV: 'a mosqua buscando o lynho d'aranha'”, A Guerra até 1450 […]
Buescu (1993), “Vínculos da memória: Ourique e a fundação do reino”, Portugal: Mitos Revisitados 9-50
Krus (1993), “Crónica de Portugal de 1419”, Dicionário da Literatura Medieval Galega e Portuguesa 185-86
Mattoso (1983), “João Soares Coelho e a gesta de Egas Moniz”, Boletim de Filologia
Lapa (1977), Lições de Literatura Portuguesa. Época Medieval 379
Castelo-Branco (1963), “O Feito de Martim Moniz”, Actas do Congresso Histórico […] 1:184-200
Basto (1959), “Uma crónica quatrocentista inédita e anónima dos 'Cinco Primeiros Reis de Portugal'. [comunicação, de 1943]”, Estudos. Cronistas e crónicas antigas […] 49-87
Brásio (1959), “Algumas observações sobre a autoria das chamadas 'crónicas de cinco' e 'dos sete reis' tiradas da crítica interna”, Anais da Academia Portuguesa da História. Segunda Série
Basto (1959), Estudos: Cronistas e Crónicas Antigas. Fernão Lopes e a "Crónica de 1419"
Cintra (1957), “Sobre a formação e evolução da lenda de Ourique (Até à Crónica de 1419)”, Miscelânea de Estudos em Honra do Professor Hernâni Cidade. Revista da Faculdade de Letras de Lisboa. III Série 1:168-215
Basto (1956), “Estado actual dos principais problemas que a 'Crónica de 1419' tem levantado”, Anais da Academia Portuguesa da História. Segunda Série
Basto (1956), “A Crónica de Portugal de 1419 e a historiografia medieval peninsular”, Boletim Cultural da Câmara Municipal do Porto
Basto (1951), “A Tese de Damião de Góis em favor de Fernão Lopes: a posição da Crónica de Cinco Reis em face dessa tese”, Boletim Cultural da Câmara Municipal do Porto
Coelho (1985-86), “O Espaço e a História: Cartografia dos Topónimos da Crónica de 1419”, Estudos Medievais
Nascimento ([a publicar]), “Por S. Vicente de Lisboa: ao encontro da Memória, da Festa e da Universidade”,
Moreira (2011-01-21), “A Crónica de Portugal de 1419: Fontes, Estratégias e Posteridade”,
Figueiredo (2012-09-06), Contaminatio y amplificatio en la escrita y reescrita historiográficas sobre los reinados de D. Dinis y D. Afonso IV (de la Crónica Geral de Espanha de 1344 a la Crónica de Portugal de 1419
Silva (2015), “Chronicle-Composition in Medieval Portugal. A General Outline”, Mirator 15:41-42
Subject Crónicas - Histórias Medievais
Crónicas - Cronista - Fernão Lopes
Fundo Geral
Number of Witnesses 2
ID no. of Witness 1 cnum 1832
City, library, collection & call number Muge: Casa Cadaval, M-VIII-15 (BITAGAP manid 1146)
Copied 1505 - 1521
Title(s) Desconhecido… Crónica de 1419 [Série - 1419], escrito/a 1419
ID no. of Witness 2 cnum 1831
City, library, collection & call number Porto: Biblioteca Pública Municipal, Ms. 886 (BITAGAP manid 1077)
Copied 1551 - 1631
1580 - 1584 (Calado, p. xvi)
Title(s) Desconhecido… Crónica de 1419 [Série - 1419], escrito/a 1419
Record Status Created 1988-09-16
Updated 2021-08-14