Philobiblon (sm)(tm)

Back to Search     Back to Results


ID no. of Person BITAGAP bioid 1221
Name João Manuel (D.), camareiro-mor
Sex M
Title camareiro-mor
alcaide-mor de Santarém
Milestones Óbito 1498-09-24 depois de
Óbito 1499-02-04 antes de
Associated Persons irmão de: Nuno Manuel (D.), alcaide da Guarda
filho legitimado de: João Manuel de Portugal e Vilhena (Fr.), bispo de Ceuta [1445 - 1459]
filho legitimado de: Justa Rodrigues (Floruit 1470 ca.)
Affiliation poeta
Author of texid 1647 João de Meneses [Cantanhede], capitão de Azamor… “Se vós lá dizeis de nós [D 27]” (tr. Pero de Sousa Ribeiro, alcaide-mor de Pombal)
texid 1760 João Manuel, camareiro-mor, “Apóstolo santificado [D 138]”
texid 1755 João Manuel, camareiro-mor, “Aprendi de Cicerão [D 136 -01]” (tr. Álvaro de Brito Pestana)
texid 1786 João Manuel, camareiro-mor, “Com o desvio que tomastes [D 172 -02]” (tr. Pedro Homem, estribeiro-mor), escrito/a 1488-06 antes de
texid 1766 João Manuel, camareiro-mor, “Cuidado de minha vida | tristeza […] [D 149]”
texid 1686 João Manuel, camareiro-mor, “Cuidados deixai-me agora | enquanto […] [D 63 -01 e 146]”
texid 2366 João Manuel, camareiro-mor, “Dama de tal parecer [D 568 -08]”, escrito/a 1498 antes de
texid 1773 João Manuel, camareiro-mor, “Depois que vos fostes lá [D 155]” (tr. João de Meneses [Tarouca], 1o Conde de Tarouca)
texid 1765 João Manuel, camareiro-mor, “Dês que de vós me venci [D 148]”
texid 2496 João Manuel, camareiro-mor, “Desejo muito saber [D 575 -01]”, escrito/a 1498-03-13 antes de
texid 2726 João Manuel, camareiro-mor, “Dessa gangorra faria [D 596 -01]” (tr. Lopo de Sousa, 2o Senhor de Vila de Prado), escrito/a 1496-08 antes de
texid 1764 João Manuel, camareiro-mor, “Deveis de agradecer [D 147]”
texid 1767 João Manuel, camareiro-mor, “Já era quase de dia [D 150]”
texid 2719 João Manuel, camareiro-mor, “Juraria por minha alma [D 595 -06]” (tr. Beatriz de Azevedo…)
texid 1754 João Manuel, camareiro-mor, “Minha ventura minguada [D 135]”
texid 1772 João Manuel, camareiro-mor, “Não deveis tempo querer [D 152]”
texid 2503 João Manuel, camareiro-mor, “Não parti com boas aves [D 576 -03]” (tr. Maria de Meneses), escrito/a 1498-08-24 antes de
texid 1763 João Manuel, camareiro-mor, “Não pode triste viver [D 145]”
texid 1625 João Manuel, camareiro-mor, “Nunca vi entre privados [D 142]”
texid 1759 João Manuel, camareiro-mor, “Ó Virgem madre de Quem [D 137]”, escrito/a 1489-08-27 antes de
texid 2718 João Manuel, camareiro-mor, “Por Deus bem vos soube armar [D 595 -05]” (tr. Martinho de Castelo-Branco, 1o Conde de Vila Nova de Portimão…)
texid 1752 João Manuel, camareiro-mor, “Por donde começaremos [D 133]”
texid 2789 João Manuel, camareiro-mor, “Quando de zarzagania [D 597 -30]” (tr. Manuel de Noronha), escrito/a 1498-06-01 - 1498-09-08
texid 1753 João Manuel, camareiro-mor, “Quem sem lho eu merecer [D 134]”
texid 1761 João Manuel, camareiro-mor, Regra de viver em paz
texid 1770 João Manuel, camareiro-mor, “Respondei-me namorados [D 151 -01]”
texid 1762 João Manuel, camareiro-mor, “Se me atormenta tristeza [D 144]”
texid 2727 João Manuel, camareiro-mor, “Se outra tal soma de pano [D 596 -02]” (tr. Lopo de Sousa, 2o Senhor de Vila de Prado), escrito/a 1496-08 antes de
texid 2777 João Manuel, camareiro-mor, “Sois senhor tão enganado [D 597 -11]” (tr. Manuel de Noronha), escrito/a 1498-06-01 - 1498-09-08
texid 2656 João Manuel, camareiro-mor, “Uma música senhor [D 588 -01]”, escrito/a 1483 ca.
texid 1757 João Manuel, camareiro-mor, “Vossa muita discreção [D 136 -03]” (tr. Álvaro de Brito Pestana)
Other Associations with Works texid 22794 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta de legitimação de João Manuel, filho de D. João Manuel, do conselho do rei e bispo da Guarda, e de Justa Rodrigues, na sequência de um instrumento de petição escrito, 1475-10-13, por Fernão Rodrigues, tabelião geral nos reinos de Portugal, escrito/a 1475-11-15
texid 19961 Afonso V, 12. Rei de Portugal, Carta de legitimação de João Manuel, filho de D. João Manuel, do seu conselho e bispo da Guarda, e de Justa Rodrigues, escrito/a 1470-10-31
texid 1758 Álvaro de Brito Pestana, “Com alta replicação [D 136 -04]”
texid 1756 Álvaro de Brito Pestana, “Em prudência sois Catão [D 136 -02]” (tr. João Manuel, camareiro-mor)
texid 1771 Pedro Homem, estribeiro-mor, “Digo sem ser dos chamados [D 151 -02]” (tr. João Manuel, camareiro-mor)
texid 1783 Pedro Homem, estribeiro-mor, “Pois resposta não se escusa [D 170]”
texid 1785 Pedro Homem, estribeiro-mor, “Sem tocar o Zodíaco [D 172 -01]” (tr. João Manuel, camareiro-mor), escrito/a 1488-06 antes de
References (most recent first) Morán Cabanas (2018), “A gangorra de Castela no Cancioneiro Geral: contextualização e interpretação à luz da tradição satírica”, Arte poética e cortesana: o 'Cancioneiro Geral' revisitado 214-15
Gornall (1993), “Two poets or one?: The sixteenth century Manueline poems”, Romance Notes passim
Macpherson (1979), The Manueline Succession: The Poetry of Don Juan Manuel II and Dom João Manuel
Dias (1966), O Cancioneiro Português do Museu Condé de Chantilly 53-56
Machado (1965-67), Bibliotheca lusitana historica, critica e cronologica 2:688
Zúquete (1960-61), Nobreza de Portugal 1:317
Carmo (1948), “Dois poetas do Cancioneiro de Garcia de Resende e a sua época: D. João Manuel, João Roiz de Castelo Branco”,
Record Status Created 1989-03-09
Updated 2021-07-13