Philobiblon (sm)(tm)

Back to Search     Back to Results


Work ID number BITAGAP texid 1171
Authors Desconhecido
Titles Livro Velho de Linhagens
Primeiro Livro das Linhagens
Livro Velho II
Livro Antigo de Linhagens
Incipit & Explicits prólogo: Agora, amigos, se vos praz vos contaremos
texto: Em primeiramente convem a saber
Date / Place escrito/a 1286 ca. - 1290 ca.
escrito/a 1270 - 1285 ca. (Diogo)
escrito/a 1270 ca. (Miranda (1982); Ramos (2004))
Text Type: Prosa
References (most recent first) Oliveira (2021), “Das memórias de Paio Peres Correia à Crónica do Mestre: os testemunhos portugueses”, Memoria y fuentes de la guerra santa peninsular (siglos X-XV) 342
Aguiar (2018), “A 'honra' de cavalaria e a aristocracia medieval portuguesa”, Anuario de Estudios Medievales 48:2:569
Fuentes Ampuero (2018), “An Empire of Two Religions: Muslims as Allies, Enemies, and Subjects in the Literature of the Iberian Christian Kingdoms”, 150
Oliveira et al. (2018), “O séquito dos Briteiros em meados do séc. XIII”, Guarecer. Revista Electrónica de Estudos Medievais 110
Rinaldi (2018), “O mágico e o demoníaco. Figurações, práticas e efeitos na escrita literária portuguesa dos séculos XIII-XIV”, 10 e passim
Monteiro (2017), Nuno Álvares Pereira -- Guerreiro, senhor feudal, santo: os Três Rostos do Condestável 20-22, 39
Lana (2016), “‘E começou mui bem […], mais houve maos conselheiros' Os Livros de Linhagens e la storia di Sancho II”,
Silva (2016), “Violência ou exibição de virilidade? Comportamento masculino nos livros de linhagens portugueses da Idade Média”, eClassica. Nova série 2:126-35
Aguiar (2015), “‘Fazer cavaleiros': as cerimónias de investidura cavaleiresca no Portugal medieval (séculos XII-XV)”, Cuadernos de Estudios Gallegos 62:26-28
Sousa (2015), “Livro Velho e Livro do Deão”, …anões às costas dos grandes gigantes do passado. Poder, Mitos e Memórias na Sociedade Medieval: contributos de Luís Krus 27 , n. 11
Barton (2015), Conquerors, Brides, and Concubines: Interfaith Relations and Social Power in Medieval Iberia 115-16
Barros (2015), “Imagens da Realeza, Heroísmo e Mulher em uma narrativa medieval ibéria - a Lenda de Gaia”, Boletín Galego de Literatura 47:105-34
Rei (2015), “Menção, Símbolo e Memória: Estratégias escatológicas dos Infanções Moçárabes de Entre-Douro-e-Minho e o Livro Velho de Linhages (séculos X - XIII)”, Redenção e Escatologia: Estudos de Filosofia, Religião, Literatura e Arte na Cultura Portuguesa 1:1:220-28
Neto (2014), “'E mataram-no os freires d'Uclés em Évora': a memória das ordens militares através do Livro Velho de Linhagens”, Las Navas de Tolosa (1212-2012). Miradas cruzadas 255-64
Neto (2014), “As Ordens Militares na cultura escrita da Nobreza (1240-1380). Representações nas cantigas de escárnio e de maldizer e nos nobiliários medievais portugueses”, Incipit 2. Workshop de Estudos Medievais da Universidade do Porto, 2011-12 33-34, 37
Tavares (2014), “Judeus de Castela em Portugal no final da Idade Media: onomástica familiar e mobilidade”, Sefarad 74:94
Rei (2013), “Ascendência árabe nas Linhagens do Livro Velho | Arabic ascendance in the Livro Velho lineages”, Revista Diálogos Mediterrânicos 4:131-41
Barros (2013), “A Operação Genealógica - considerações sobre as implicações histórico-sociais das genealogias, a partir do exame dos livros de linhagens (séc. XIII-XIV)”, História. Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. 4a série 3:145-66
Ferreira (2012-06), “As traduções de castelhano para galego-português e as políticas da língua nos séculos XIII-XIV”, e-Spania 13
Dias (2012), “Imágenes de la dignificación del otro en la literatura medieval portuguesa”, Tolerancia: Teoría y Práctica en la Edad Media 67, 74
Ventura et al. (2012), “Os livros do Rei. Administração e cultura no tempo de D. Afonso III”, Boletim do Arquivo da Universidade de Coimbra 25:192
Guillén Berrendero (2012), La Edad de la Nobleza. Identidad nobiliaria en Castilla y Portugal (1556-1621) 344-45
Teodoro (2012), A escrita do passado entre monges e leigos. Portugal - séculos XIV e XV 61
Krus (2011), “A representação portuguesa de uma comunidade nobiliárquica hispânica nos séculos XIII e XIV”, A Construção do Passado Medieval. Textos Inéditos e Publicados 291-302
Ramos (2011), “A intenção de inscrever na memória colectiva. O sucesso textual do motivo ‘A mulher de Solomão' na narrativa histórica portuguesa”, Anais do XXII Congresso Internacional da ABRAPLIP 625-53
Silva (2011), “As metamorfoses de um guerreiro: Afonso Henriques na cronística medieval”,
Miranda (2010), “Do Liber regum ao Livro velho de linhagens”, Estudios sobre la Edad Media, el Renacimiento y la Temprana Modernidad 301-10
Barros (2010), “Poderes e micropoderes na leitura de livros manuscritos medievais --um estudo sobre os Livros de Linhagens da Idade Média”, Signum: Estudos da Linguagem 13:61-80
Dias (2010), “Livros de Linhagens (Lineage books)”, The Encyclopedia of the Medieval Chronicle 2:1040
Miranda (2010), “Do Rex Ranimirus ao Rei Ramiro: A heráldica literária em Portugal na segunda metade do sécolo XIII”, Actas del XIII Congreso Internacional Asociación Hispánica de Literatura Medieval 1:161-82
Miranda (2010), “Historiografia e Genealogia na Cultura Portuguesa Anterior ao Conde D. Pedro de Barcelos”, O Contexto Hispânico […] Em memória de Diego Catalán 65 e ss
Sousa (2010), “Nas origens da genealogia, em Portugal -Os Nobiliários Medievais-”, Raizes & Memórias 27:373-74
Paredes Núñez (2010), “Realidad y ficción en la lírica medieval: rastros del cancionero de burlas en los nobiliarios peninsulares”, Actas del XIII Congreso Internacional Asociación Hispánica de Literatura Medieval 2:1487-98
Paredes Núñez (2010), “Las cantigas de escarnio y las genealogías peninsulares: notas sobre algunos personajes del cancionero alfonsí”, Revista de Filología Románica 27:131-42
Russo (2010), “Un Esemplare cinquecentesco del Livro de Linhagens do Conde D. Pedro nella Biblioteca Nazionale Centrale di Roma: unica copia sinora rinvenuta in Italia”, Hinc Illae Lacrimae! Studi in memoria di Carmen Maria Radulet 2:432
Mattoso (2009), “A nobreza medieval portuguesa (séculos X a XIV)”, Naquele Tempo. Ensaios de História Medieval 287-310
Boissellier (2007), “L'honneur nobiliaire, la lutte pour le pouvoir et la guerre dans les ‘livres de lignages' médiévaux portugais”, Revue tunisienne de sciences sociales 133:23-47
Barros (2007), “A lenda de Gaia -modelos femininos em uma narrativa medieval ibérica”, Caderno Espaço Feminino 18:2:207-43
Gomes (2007), “La formation intellectuelle du clergé séculier portugais du XIIE au XIVE siècle”, Carreiras Eclesiásticas no Ocidente Cristão (séc. XII-XIV) 109
Barros (2006), “Os livros de linhagens medievais e a reconstrução da memória - as operações genealógicas nos nobiliários portugueses dos séculos XIII e XIV”, Diadorm 1:155-67
Barros (2005), “Três imagens do poder régio na literatura ibérica do século XIII”, Mediações - Revista de Ciências Sociais 10:41-58
Boissellier (2005), “Les rois, la guerre, les Maures. La (re-)construction de l'idéologie de Reconquête dans une source portugaise généalogico-narrative tardive, les ‘livres de lignages'”, Le Pouvoir au Moyen Âge. Idéologies, pratiques, représentations 123-45
Sousa et al. (2002), Livro Velho das Linhagens de Portugal
Gomes (2002), “Nótula de Diferença”, Livro Velho das Linhagens de Portugal
Branco (2000), “The Nobility of Medieval Portugal (XIth-XIVth Centuries)”, Nobles and Nobility in Medieval Europe: Concepts, Origins, Transformations 223-43
Gameiro et al. (2000), A construção das memórias nobiliárquicas medievais. O passado da linhagem dos senhores de Sousa 141 e passim
Norton (1989), “Genealogias medievais: os Braganções”, Actas das II Jornadas Luso-Espanholas de História Medieval 3:passim
Gonçalves (1988), Imagens do Mundo Medieval 4:139-41
Mattoso (1975), “A nobreza de entre Douro e Minho na história medieval de Portugal”, Papel das Áreas Regionais na Formação Histórica de Portugal. Actas do Colóquio
Repertorium fontium historiae Medii Aevi, primum ab Augusto Potthast digestum, nunc cura collegii historicorum e pluribus nationibus emendatum et auctum (1967-2007) 7:316-17
Sousa (1739-48), Provas da Historia Genealogica da Casa Real Portugueza 1:141-220
Sousa (1737), Livro Velho das Linhagens de Portugal
Sousa (2007), “Linhagem e identidade social na nobreza medieval portuguesa (séculos XIII-XIV)”, Hispania: Revista Española de Historia 67:881-98
Picoito (2006), “O Cavaleiro, a Mulher e o Rei, uma assuada do século XII”, O Corpo e o Gesto na Civilização Medieval. Actas do Encontro 247-62
Sousa (2005), “As Ordens Militares nos nobiliários medievais portugueses”, As Ordens Militares e as Ordens de Cavalaria […] 623-30
Mattoso (1999), “A transmissão textual dos livros de linhagens”, Lindley Cintra: Homenagem ao Homem […] 565-84
Sottomayor-Pizarro (1999), Linhagens Medievais Portuguesas: Genealogias e Estratégias (1279-1325)
Ferreira (1998), “Outros mundos, outras fronteiras: Ramiro, Tristão e a divisão de Terra de Espanha”, IV Jornadas Luso-espanholas […] 2:1567-79
Mattoso (1998), “A nobreza medieval portuguesa no contexto peninsular”, IV Jornadas Luso-espanholas […] 2:1019-44
Miranda (1998), “A dimensão literária da cultura da nobreza em Portugal no século XIII”, IV Jornadas Luso-espanholas […]. Revista da Faculdade de Letras. Historia II Série, vol. XV. 2:1551-65
Picoito (1998), “O Sonho de Jacob: Sacralidade e legitimação política nos Livros de Linhagens”, Lusitania Sacra. 2.a série 10:123-48
Picoito (1997), “As Musas e a Memória: História, conflito e legitimação política nos Livros de Linhagens”,
Cepeda (1995), Bibliografia da Prosa Medieval em Língua Portuguesa 160-62
Ferreira (1995), “No Silêncio das palavras (mulheres nos Livros de Linhagens)”,
Paredes Núñez (1995), Las narraciones de los "Livros de Linhagens"
Krus (1994), “O discurso sobre o passado na legitimação do senhorialismo português dos finais do século XIII”, Passado, Memória e Poder […]
Paredes Núñez (1994), “Las versiones de la Leyenda de Gaia. En torno a los orígenes del Romancero”, Actas do XIX Congreso Internacional […]
Mattoso (1993), “Livros de Linhagens”, Dicionário da Literatura Medieval Galega e Portuguesa 419-20
Júdice (1992), “Analogia e imagem do mundo no texto medieval”, A Imagem do Mundo na Idade Média […]
Correia (1991), “As Versões medievais da lenda do rei Ramiro: a movência do texto”,
Krus (1991), “O tema das origens da nobreza portucalense no relato fundacional da linhagem dos senhores da Maia (finais do século XIII)”, A Memória da Nação […]
Fernandes (1990), Homenagem de Lalim ao Conde Dom Pedro: A História de Lalim 315-52
Krus (1989), “A concepção nobiliárquica do espaço ibérico. Geografia dos livros de linhagens medievais portugueses (1280-1380)”,
Diogo (1989), “Dimensions généalogiques de la légende du roi Ramiro: échanges de textes, échanges de femmes”, Les Relations de parenté dans le monde médiéval
Mattoso (1985), “A literatura genealógica e a cultura da nobreza em Portugal (s. XIII-XIV)”, Portugal Medieval. Novas interpretações 309-28
Faria et al. (1985), “A mulher na família e na sociedade segundo os livros velhos de linhagens”, 1383-1385 e a Crise Geral […]
Mattoso (1985), “A literatura genealógica e a cultura da nobreza em Portugal (s. XIII-XIV)”, Portugal Medieval. Novas interpretações 311-12, 322, 325
Mattoso (1983-85), “La littérature généalogique et la culture de la noblesse au Portugal (XIIIe-XIVe siècles)”, Bulletin des Études Portugaises et Brésiliennes 44-45:73-92
Piel et al. (1980), Livros Velhos de Linhagens | Livro de Linhagens do conde D. Pedro [Vol. 1 e Vol. 2, partes 1-2] 12-14
Faria (1977), “Os livros de linhagens medievais (resumo)”, A Historiografia Portuguesa anterior a Herculano. Actas do Colóquio 17-20
Mattoso (1977), “O Mosteiro de Santo Tirso e a cultura medieval portuguesa”, Santo Tirso. Boletim Cultural Concelho
Mattoso (1976), “Os livros de linhagens portugueses e a literatura genealógica europeia da Idade Média”, Armas e Troféus. 3a série 141-42, 145-47
Norton (1971), Livro Velho de Linhagens. Subsídios para a sua ordenação
Silva (1959), “Nomes próprios e apelidos do Livro velho das Linhagens”,
Brochado (1945), “O Livro Velho das Linhagens”, Brotéria
Barros et al. (1945-54), História da Administração Pública em Portugal nos séculos XII a XV 2:389-96
Bento (1941), Subsídios para a História do Direito Português 20 e ss
Veiga (1940), “Os nossos nobiliários medievais (alguns elementos para a cronologia da sua elaboração)”, Anais das Bibliotecas e Arquivos. Série II 15:184-86
Meneses. Conde de Sabugosa (1912), “D. Maria Paes, A ‘Ribeirinha'”, Donas de Tempos Idos 23-59
Sousa (1737), Livro Velho das Linhagens de Portugal
Brandão (1650), Monarquia Lusitana. Parte Quinta 182v-83r
Anónimo (séc. XVII), Notícia Primeira dos Livros de Linhagens , n. Cópia do Prólogo
Miranda (2009-12), Do Liber Regum ao Livro Velho de Linhagens
Miranda (2010-11-12), Vozes da memória em Portugal nos séculos XIII: o Livro Velho de Linhagens
Mattoso (2011-06), Introdução: Legitimação e Linhagem
Miranda (2011-10-20), Crítica textual e estratégias de poder no prólogo do Livro Velho de Linhagens
Ramos (2011 [2012]), “Narrativas medievais. A Lenda de Gaia na esteira agostiniana”, Românica 20:73-92
Subject Genealogia - Linhagens
Fundo Geral
Number of Witnesses 16
ID no. of Witness 1 cnum 11482
City, library, collection & call number : Desconhecido - Perdido ?, (BITAGAP manid 2060)
Copied 1343 ca. (Mattoso)
Location in witness ff. 30-41
Title(s) Desconhecido, Livro Velho de Linhagens, escrito/a 1286 ca. - 1290 ca.
ID no. of Witness 2 cnum 30130
City, library, collection & call number : Desconhecido - Perdido ?, (BITAGAP manid 5686)
Copied 1500 ad quem
Title(s) Desconhecido, Livro Velho de Linhagens, escrito/a 1286 ca. - 1290 ca.
ID no. of Witness 3 cnum 21671
City, library, collection & call number Muge: Casa Cadaval, 1062b (BITAGAP manid 3803)
Copied 1601 - 1700
Title(s) Desconhecido, Livro Velho de Linhagens, escrito/a 1286 ca. - 1290 ca.
ID no. of Witness 4 cnum 21667
City, library, collection & call number Muge: Casa Cadaval ?, 1062a (BITAGAP manid 3801)
Copied 1601 - 1700
Location in witness ff. 83-111
Title(s) Desconhecido, Livro Velho de Linhagens, escrito/a 1286 ca. - 1290 ca.
Incipit & Explicits texto: [ 82] Agora amigos se uos plaze uos contaremos os linhagens dos bons homẽs
References Tarouca (1950 ca. ?), Catálogo dos Manuscritos da Biblioteca dos Duques de Cadaval 2:10 , n. 609
ID no. of Witness 5 cnum 47078
City, library, collection & call number Sesimbra: Casa Palmela [acervo aquivístico], Liv. 183 (BITAGAP manid 5121)
Copied 1601 ? - 1700 ?
Location in witness ff. 38v-51r
Title(s) Desconhecido, Livro Velho de Linhagens, escrito/a 1286 ca. - 1290 ca.
Incipit & Explicits texto: [ 38v] Agora amigos se vos plazemos [sic] contaremos os linhagens … [ 51r] … de Castella q̃ foi cazado 2. uezez.
Associated Texts Traslado inserido em texid 29812 Desconhecido, Notícia primeira dos livros de linhagens, escrito/a 1601 - 1650
Note Informa Filipe Alves Moreira [2018-12-19]:

1) Uma nota marginal no começo deste 'Livro Velho" diz 'Aqui pareçe começar o treslado de outo Liuo de linhagens mais uelho do q̃ o q̃ atras fiqua escrito'.

2) Segue-se [depois do extracto do livro] uma extensa nota, que talvez seja copiada da edição de António Caetano de Sousa que diz: 'O mais falta a este L.o ue se lhe cortou a tizoura como se ue pellas correas da emcadernação, esta em letra antiga daquelle tempo em taboas pretas de 4.o gr.de.'
ID no. of Witness 6 cnum 11484
City, library, collection & call number : Desconhecido - Perdido ?, (BITAGAP manid 2061)
Copied Gaspar Álvares de Lousada Machado, 1620 ca. - 1630 ca. (Mattoso)
Title(s) Desconhecido, Livro Velho de Linhagens, escrito/a 1286 ca. - 1290 ca.
ID no. of Witness 7 cnum 1454
City, library, collection & call number : Desconhecido - Perdido ?, (BITAGAP manid 1326)
Copied Lisboa: Afonso de Torres, 1634
Location in witness ff. 30-41
Title(s) Desconhecido, Livro Velho de Linhagens, escrito/a 1286 ca. - 1290 ca.
Incipit & Explicits texto: [ 30] Agora amigos se vos plaze … [ 41] … que foi casado duas vezes
Condition Fragmentário
References Piel et al. (1980), Livros Velhos de Linhagens | Livro de Linhagens do conde D. Pedro [Vol. 1 e Vol. 2, partes 1-2] 1:23-60
Bandeira (1965), Livros de Linhagens. Índice onomástico 2
Bandeira (1961), Livros de Linhagens. Livro Velho 2
Sousa et al. (1946-54), Provas da História genealógica da casa real portuguesa. Nova edição 1:2:247-67
Sá (1937), Livros de Linhagens. II. Livro Velho 2
ID no. of Witness 8 cnum 19161
City, library, collection & call number : Desconhecido - Perdido ?, (BITAGAP manid 3372)
Copied Simão de Miranda Henriques, 1660
Title(s) Desconhecido, Livro Velho de Linhagens, escrito/a 1286 ca. - 1290 ca.
ID no. of Witness 9 cnum 11507
City, library, collection & call number : Desconhecido - Perdido ?, (BITAGAP manid 2063)
Copied Manuel Álvares Pedrosa, 1700 ?
Title(s) Desconhecido, Livro Velho de Linhagens, escrito/a 1286 ca. - 1290 ca.
References Sousa et al. (1946-54), Provas da História genealógica da casa real portuguesa. Nova edição 1:2:247-67
ID no. of Witness 10 cnum 1947
City, library, collection & call number Lisboa: Biblioteca do Palácio da Ajuda, 47-XIII-10 (BITAGAP manid 1334)
Copied 1701 - 1800
Location in witness ff. 31v-41v
Title(s) Desconhecido, Livro Velho de Linhagens, escrito/a 1286 ca. - 1290 ca.
Incipit & Explicits texto: [ 31v] Agora amigos se vos plaze … [ 41r] … e D A.o Telles de Castella que foi cazado duas vezes.
ID no. of Witness 11 cnum 1945
City, library, collection & call number Coimbra: Biblioteca Geral da Universidade, Ms. 666 (BITAGAP manid 1517)
Copied 1701 - 1800
Location in witness f. 170r-v
Title(s) Desconhecido, Livro Velho de Linhagens, escrito/a 1286 ca. - 1290 ca. [só a Notícia primeira]
Incipit & Explicits texto: [ 170r] Agora amigos se vos plazemos contaremos
Condition Só o prólogo.
Note O traslado da 'Notítica primeira' copia o prólogo dos três livro de linhagens e não apenas do Livo Velho.
ID no. of Witness 12 cnum 47474
City, library, collection & call number Desconhecido: Não localizado, (BITAGAP manid 7020)
Copied João de Santa Maria, 1754 ca.
Lucas de Seabra da Silva, desembargador, 1756-05-26
Location in witness f. 1r
Title(s) Desconhecido, Livro Velho de Linhagens, escrito/a 1286 ca. - 1290 ca. [Fragmento: 1 fólio]
References Brochado (1945), “O Livro Velho das Linhagens”, Brotéria 40:437
Subject Fragmentos - Manuscritos
ID no. of Witness 13 cnum 49093
City, library, collection & call number Porto: Biblioteca Pública Municipal, Ms. 1335 (BITAGAP manid 7131)
Copied 1765
Location in witness ff. 10r-12r
Title(s) Desconhecido, Livro Velho de Linhagens, escrito/a 1286 ca. - 1290 ca. Extracto
Incipit & Explicits texto: [ 10r] Este Rey Dom Ramiro seue cazado com huma raynha … [ 12v] … e morreo Rey Dom Ramiro D.s lhe aya saude a alma, requiescat in pace.
References Referido em: Fernandes (1990), Homenagem de Lalim ao Conde Dom Pedro: A História de Lalim 349
Note Filipe Alves Moreira informa: "Cópia parcial do Livro Velho de Linhagens [Texid 1171], que transcreve a Lenda de Gaia e resume ou refere outras passagens da mesma obra. Copiado de um manuscrito que pertencia ao arquivo da antiga casa dos Condes de Penaguião, segundo palavras do compilador do ms. 1335 da BPMP, João de Sá Pereira de Sampaio Osório" (2019-06-28).
ID no. of Witness 14 cnum 1943
City, library, collection & call number Coimbra: Biblioteca Geral da Universidade, Ms. 662 (BITAGAP manid 1516)
Copied 1780-09-15 - 1800
Location in witness ff. 41r-42v
Title(s) Desconhecido, Livro Velho de Linhagens, escrito/a 1286 ca. - 1290 ca. [só a Notícia primeira]
Incipit & Explicits texto: [ 41r] Agora amigos se vos plazemos contaremos
Condition Só o prólogo.
Note O traslado da 'Notítica primeira' copia o prólogo dos três livro de linhagens e não apenas do Livo Velho.
ID no. of Witness 15 cnum 1948
City, library, collection & call number Lisboa: Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Genealogias Ms. 21. E. 24 (BITAGAP manid 1518)
Copied Lisboa: 1794
Title(s) Desconhecido, Livro Velho de Linhagens, escrito/a 1286 ca. - 1290 ca.
ID no. of Witness 16 cnum 53308
City, library, collection & call number Desconhecido: Desconhecido, (BITAGAP manid 7434)
Copied 1901 [?] - 1950 [?]
Location in witness pp. 1-156
Title(s) Desconhecido, Livro Velho de Linhagens, escrito/a 1286 ca. - 1290 ca.
Record Status Created 1988-08-25
Updated 2021-08-12