Philobiblon (sm)(tm)

Back to Search     Back to Results


ID no. of Person BITAGAP bioid 1122
Name André Dias (Mestre), bispo de Ajácio [1422]
André de Escobar
André de Lisboa
Andreas de Escobar
André de Rendufe
Andreas Ulixbonensis
Sex M
Title bispo de Ajácio 1422
bispo de Mégara 1428
Milestones Nascimento Lisboa 1348 ca.
Óbito 1439 ca.
Óbito 1450 (Díaz y Díaz)
Relatou o milagre no Mosteiro São Domingos (Mosteiro - Convento) (Texid 20097)
Associated Persons mestre de: um mancebo (Miraculado/a no Mosteiro São Domingos 1433 antes de)
Affiliation OSB
Institutional Affiliation Abade Rendufe: Mosteiro de Santo André (1393 ?)
Comendatário Alpendurada e Matos: Mosteiro de São João Baptista de Alpendorada (1435)
Fundador(a) Confraria dos Servos de Jesus
Associado/a com Mosteiro de São Domingos de Lisboa
Associado/a com Lisboa: Ermida de Santa Maria da Escada (1432-11-27 ?) (Texid 20064)
Author of texid 5856 André Dias, bispo de Ajácio, “A glória eternal é de tanta alteza”
texid 5871 André Dias, bispo de Ajácio, “A paixão de Cristo feita cruelmente”
texid 5854 André Dias, bispo de Ajácio, “A voz digo boa gente”
texid 5929 André Dias, bispo de Ajácio, “Adoramos-te hóstia consagrada”
texid 5870 André Dias, bispo de Ajácio, “Adoramos-te ó bom Jesus”
texid 5930 André Dias, bispo de Ajácio, “Adoramos-te ó santa curz”
texid 5851 André Dias, bispo de Ajácio, “Adoro-te ó santa vera cruz e te saudo”
texid 5834 André Dias, bispo de Ajácio, “Adoro-te santo corpo glorioso”
texid 5927 André Dias, bispo de Ajácio, “Adoro-te senhor e te creio Deus verdadeiro”
texid 5848 André Dias, bispo de Ajácio, “Adoro-te senhor Jesus Cristo”
texid 5892 André Dias, bispo de Ajácio, “Alegrando-nos no padre e filho e espírito santo”
texid 5865 André Dias, bispo de Ajácio, “Aleluia aleluia aleluia esta noite todavia”
texid 5902 André Dias, bispo de Ajácio, “Amar quero e de amor sou desejoso”
texid 5829 André Dias, bispo de Ajácio, “Amar-te quero ó bom Jesus”
texid 5846 André Dias, bispo de Ajácio, “Ao alto dom Jesus muitas santas graças dando”
texid 5849 André Dias, bispo de Ajácio, “Ao bom Jesus muito doce senhor”
texid 20062 André Dias, bispo de Ajácio, Apresentação dos Milagres do Bom Jesus, escrito/a 1433 ?
texid 5890 André Dias, bispo de Ajácio, “Ave gloriosa e misericordiosa”
texid 5891 André Dias, bispo de Ajácio, “Ave Maria estrela diana”
texid 5889 André Dias, bispo de Ajácio, “Ave Maria virgem e flor”
texid 5885 André Dias, bispo de Ajácio, “Benedita sejas tu madre de Deus vivente”
texid 9781 André Dias, bispo de Ajácio, Carta para D. Gomes Eanes, sobre o estabelecimento da observância beneditina nos mosteiros portugueses, escrito/a 1426-08-04
texid 5873 André Dias, bispo de Ajácio, “Choremos do bom Jesus ora de bom coração”
texid 5872 André Dias, bispo de Ajácio, “Choremos ora muito de boa mente”
texid 5876 André Dias, bispo de Ajácio, “Com a madre de Jesus bem-aventurado”
texid 5883 André Dias, bispo de Ajácio, “Com coração humildoso”
texid 5875 André Dias, bispo de Ajácio, “Com os meus olhos choro e o coração muito me doe”
texid 5868 André Dias, bispo de Ajácio, “Com ramos e flores foi recebido”
texid 5909 André Dias, bispo de Ajácio, “Com toda alma minha demando a vós bom Jesus meu salvador”
texid 5858 André Dias, bispo de Ajácio, “Confesso e creio eu pecador”
texid 5869 André Dias, bispo de Ajácio, “Contemplemos com grande dor”
texid 5862 André Dias, bispo de Ajácio, “Da fé cristã que disse primeiramente”
texid 5841 André Dias, bispo de Ajácio, “De cada um devotamente deve ser louvado”
texid 5895 André Dias, bispo de Ajácio, “Dilecto Jesus Cristo quem se de ti recorda e te chama”
texid 5882 André Dias, bispo de Ajácio, “Do céu veio Gabriel”
texid 5901 André Dias, bispo de Ajácio, “Em a beleza de ti Jesus muito alto esplendor”
texid 5915 André Dias, bispo de Ajácio, “Em a metade do meu coração jaz o meu bom Jesus gracioso”
texid 5921 André Dias, bispo de Ajácio, “Enfraqueço de amor muito docemente”
texid 5880 André Dias, bispo de Ajácio, “Espírito santo glorioso”
texid 5867 André Dias, bispo de Ajácio, “Estrela nova sobre a gente”
texid 5860 André Dias, bispo de Ajácio, “Eu creio em um Deus com meu coração”
texid 5866 André Dias, bispo de Ajácio, “Exalçada e louvada todavia”
texid 5919 André Dias, bispo de Ajácio, “Jesus vêm-me salvar”
texid 5918 André Dias, bispo de Ajácio, “Lamento-me e sospiro que em o bom Jesus podesse amar”
texid 1307 André Dias, bispo de Ajácio, Laudas e Cantigas Espirituais, escrito/a 1435 antes de
texid 5886 André Dias, bispo de Ajácio, “Louvada seja sempre todavia”
texid 5887 André Dias, bispo de Ajácio, “Louvar quero e cantar a vós dona beata”
texid 5931 André Dias, bispo de Ajácio, “Louvemos a santa vera cruz”
texid 5839 André Dias, bispo de Ajácio, “Louvemos a São Cristóvão”
texid 5840 André Dias, bispo de Ajácio, “Louvemos com devoção o mártir São Sebastião”
texid 5847 André Dias, bispo de Ajácio, “Louvemos com grande fervor”
texid 5893 André Dias, bispo de Ajácio, “Louvemos com reverência a São João Baptista”
texid 5845 André Dias, bispo de Ajácio, “Louvemos uma pecatriz nomeada”
texid 5903 André Dias, bispo de Ajácio, “Misericórdia ó meu Deus Jesus dulcissimo”
texid 5897 André Dias, bispo de Ajácio, “Muitas santas graças e louvores eu to ofereço”
texid 5922 André Dias, bispo de Ajácio, “O amor de Jesus me há preso”
texid 5920 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó amor grande de ti bom Jesus”
texid 5836 André Dias, bispo de Ajácio, “O Apóstolo Santo André bem-aventurado”
texid 5863 André Dias, bispo de Ajácio, “O bom Cristo Jesus é nado”
texid 5833 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó bom Jesus a ti rogo”
texid 5900 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó bom Jesus aquesta terreal morada desejo muito leixar”
texid 5916 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó bom Jesus como eu moiro de amor”
texid 5896 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó bom Jesus da-me perfeita fé”
texid 5914 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó bom Jesus meu amado”
texid 5932 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó bom Jesus pela tua santa piedade”
texid 5878 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó bom peregrino e muito santo”
texid 5857 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó cruz bendita do bom Jesus meu senhor”
texid 5831 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó doce do meu Jesus remembrança”
texid 5837 André Dias, bispo de Ajácio, “O Estêvão mártir santo”
texid 5888 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó estrela altissima e luzente”
texid 5864 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó humana natura quanto eras toda perdida”
texid 5925 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó Jesus Cristo bem-aventurado”
texid 5830 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó Jesus Cristo piedoso senhor”
texid 5899 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó Jesus espírito criador”
texid 5911 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó Jesus meu deleitoso senhor”
texid 5904 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó Jesus meu doce amor”
texid 5898 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó Jesus pelo qual eu sostenho pena com prazer e deleito”
texid 5924 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó Jesus santo e salvador”
texid 5913 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó meu Deus Jesus e meu padre eterno”
texid 5832 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó meu Deus Jesus muito piedoso”
texid 5908 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó meu Deus Jesus namorado”
texid 5894 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó meu senhor Jesus”
texid 5917 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó meu senhor Jesus muito cortês”
texid 5850 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó muito alto deus Jesus”
texid 5844 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó Santa Caterina que com Cristo fostes desposada”
texid 5881 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó santa trindade bem-aventurada”
texid 5910 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó senhor meu Jesus Cristo espelho muito claro”
texid 5907 André Dias, bispo de Ajácio, “O teu grande preço ó bom Jesus me faz de ti namorar”
texid 5884 André Dias, bispo de Ajácio, “Ó virgem mui santa”
texid 5879 André Dias, bispo de Ajácio, “Oremos e cantemos do bom Jesus a sua santa ascensão”
texid 5923 André Dias, bispo de Ajácio, “Pela grande coita deste mundo enfraquece a minha vida”
texid 5852 André Dias, bispo de Ajácio, “Pensade ora boa gente”
texid 5853 André Dias, bispo de Ajácio, “Planto muito dorado”
texid 5842 André Dias, bispo de Ajácio, “Por honra de Deus Jesus bem-aventurado”
texid 5877 André Dias, bispo de Ajácio, Pranto de Santa Maria, escrito/a 1434 ?
texid 5861 André Dias, bispo de Ajácio, “Qualquer cristão ou cristã que quer ser saluo”
texid 5928 André Dias, bispo de Ajácio, “Salve ó muito glorioso corpo de Cristo”
texid 5874 André Dias, bispo de Ajácio, “Salve virgo preçiosa”
texid 5838 André Dias, bispo de Ajácio, “São Lourenço mártir”
texid 5905 André Dias, bispo de Ajácio, “Se te eu não hei ó bom Jesus de consolação”
texid 5843 André Dias, bispo de Ajácio, “Sejas louvada e bendita Santa Lúcia”
texid 5828 André Dias, bispo de Ajácio, “Senhor Jesus quando na cruz te vejo”
texid 5926 André Dias, bispo de Ajácio, “Todo homem se esforce de ordenar”
texid 5835 André Dias, bispo de Ajácio, “Todos agora façam vista de louvar”
texid 5859 André Dias, bispo de Ajácio, “Tu Foão Pedro ou André”
texid 5912 André Dias, bispo de Ajácio, “Vinde a mim amadores do celestial amor”
texid 5855 André Dias, bispo de Ajácio, “Vinde-o todos adorar”
Other Associations with Works texid 9765 Colectivo, Confraria dos Servos de Jesus (tr. André Dias, bispo de Ajácio), escrito/a 1432-11-20
texid 20097 Milagre de Afonso Vicente, morador acima da porta de São Vicente, que tinha grande dor nas solas dos pés [SBJ 31], miraculado/a em: 1434 antes de
texid 20063 Milagre de Constança Domingues, moradora na Rua das Esteiras, doente dos olhos e do queixo [SBJ 1], miraculado/a em: 1432-11-21
texid 20064 Milagre de Estácio Eanes, morador na freguesia de Santa Justa, com grande dor do dente e a queixada inchada [SBJ 2], miraculado/a em: 1432-11-27 ?
texid 20075 Milagre de João Lourenço, que tinha muitas dores de cabeça [SBJ 11], miraculado/a em: 1433 antes de
texid 20069 Milagre de um mancebo que tinha forte dor dos ouvidos e dos olhos e visão deficiente [SBJ 5], miraculado/a em: 1433 antes de
texid 1315 Milagres do Bom Jesus [série: SBJ], escrito/a 1433 ? - 1435
References (most recent first) Miranda (2018), “Em busca da graça: Aspectos da espiritualidade medieval portuguesa”, 98-101, 107-10
Vida e obra referidas em Sturgeon (2017), “Cases at the Curia: Andreas de Escobar and Ecclesiastical Controversies at the Time of the Fifteenth-Century Councils”,
Díaz Tena (2015), “Los ‘Milagros do Bom Jesus' de las Laudes e Cantigas de André Dias”, Via Spiritus 22:71-74 et passim
Marnoto (2015), “A canção à Virgem na literatura portuguesa do século XVI”, Quaderns d'Italià 20:165
McCleery (2014), “Christ more powerful than Galen? The relationship between medicine and miracles”, Contextualizing Miracles in the Christian West, 1100-1500. New Historical Approaches 139-40
Maleval (2013), “Teatro medieval ibérico e(m) festivides religiosas”, Teatro y fiesta popular y religiosa 385 , n. n. 16
Marchon (2011), “A poesia doutrinária de Mestre André Dias e as fontes italianas”, 11-31
Maleval (2010), “O jardim místico do medievo”, Revista do Centro de Estudos Portugueses 30:26
Maleval (2009), “Teatro e liturgia na Idade Média. O testemuho do Codex Calixtinus”, Novas achegas ao estudo da cultura galega: enfoques literarios e sociohistóricos 58
Gomes (2008), “A ‘Littera Pythagorae' e a sua Simbologia Cristológica na Idade Média Portuguesa”, Humanitas 60:184
Soto Rábanos (2006), “Visión y tratamiento del pecado en los manuales de confesión de la baja edad media hispana”, Hispania Sacra 58:424-25
Reyes Gómez (2004), “El Modus Confitendi y Andrés de Escobar”, Andrés de Escobar, Modus Confitendi, Manual para la confesión (Segovia, Juan Párix, ca. 1473) 18-19
Baubeta et al. (1997), Igreja, pecado e sátira social na Idade Média Portuguesa 14-16, 29-31, 48, 68, 125, 161-163
Calderón Calderón (2000), “El Laudario de André Dias: entre las cantigas gallego-portuguesas y los villancicos de los siglos XV y XVI”, Revista de Literatura Medieval 12:109-20
Calderón Calderón (2000), “Para un itinerario del teatro medieval: las Laudas e oraçõens contemplativas de André Dias”, Actas del VIII Congreso […] passim
Calderón Calderón (1993), “Las Cantigas Espirituais de André Dias y la herencia trovadoresca”, O Cantar dos Trobadores […] 373-74
Lanciani et al. (1993), Dicionário da Literatura Medieval Galega e Portuguesa 52
Díaz y Díaz et al. (1993), Autores Latinos Peninsulares da Época dos Descobrimentos (1350-1560) 42, 161-63
Baubeta (1992), Anticlerical Satire in Medieval Portuguese Literature 4-6, 16-18, 32, 46, 63-64, 129, 161-63
Martins (1981), “Raízes comuns entre o Laudário de Mestre André Dias e o Laudário de Pisa”, Didaskalia 11:passim
Rebelo (1977), O primitivo teatro português 35-39, 69
García y García (1976), Estudios sobre la canonística portuguesa medieval 139-42
Costa (1967), Mestre André Dias de Escobar, figura ecuménica do séc. XV
Rosário (1967-79), “Letrados dominicanos em Portugal nos séculos XIII-XV”, Repertorio de Historia de las Ciencias Eclesiásticas en España 7:544-56 , n. 20
Machado (1965-67), Bibliotheca lusitana historica, critica e cronologica 1:144-45
Martins (1957), Peregrinações e Livros de Milagres na Nossa Idade Média 96, 161, 181
Martins (1957), Peregrinações e Livros de Milagres na Nossa Idade Média 184-88
Martins (1953), “O Tratado 'De Graecis Errantibus' por Mestre André Dias”, Brotéria 57:60-65
Martins (1953), “Em torno dum estudo sobre Mestre André Dias”, Brotéria
Candal (1952), Tractatus polemico-theologicus. De Graecis errantibus: Edition princeps vii, xiii-xiv, xvii-lxxvii
Martins (1951), “Peregrinações e livros de milagres na nossa Idade Média”, Revista Portuguesa de História 5:152, 207, 214, 227-28
Martins (1951), Laudes e Cantigas Espirituais de Mestre André Dias
Antonio et al. (1788), Bibliotheca Hispana Vetus 2:235-36 , n. 260-66
Record Status Created 1988-09-27
Updated 2021-09-12