Philobiblon (sm)(tm)

Back to Search     Back to Results


Work ID number BITAGAP texid 1093
Authors Desconhecido
Titles Libri Esopi
Livro de Esopo
Fabulário
Livro de Exopo
Incipit & Explicits prólogo: Segundo diz o livro da vida
texto: Conta-se que uma vez um galo
Date / Place escrito/a 1101 ? - 1200 ?
traduzido/a 1351 ca. - 1400 ca.
Language Português
Latim (orig.)
Text Type: Prosa
Associated Persons Inspirado (?) na obra de: Aesopus
Derivado (?) de um fabulário de: Gualterus Anglicus
References (most recent first) Morais (2015), “Cómico e exemplaridade na fábula esópica da Idade Média”, O Riso. Teorizações - Leituras - Realizações 71-83
Morais et al. (2015), “Mitologia na Fábula. Entre a Idade Média e o Barroco”, Revisitar o Mito 595-606
Morais (2014), “Sobre os Animais na Matéria das Fábulas Medievais: Livro de Exopo”, Bestiário Medieval. Perspecitvas de Abordagens 55-66
Morais (2013), “O Livro de Exopo: dos fabulários medievais à colecção de fábulas em língua portuguesa”, História Crítica da Fábula na Literatura Portuguesa Cap. 2
Morais (2013), “Prólogos de isopetes - das coleções medievais de fábulas em francês ao Livro de Exopo”, Da Letra ao Imaginário. Homenagem à Professora Irene Freire Nunes 55-68
Pereira (2013), “Da fábula e dos seus arredores: a exemplaridade animal na literatura medieval portuguesa”, História Crítica da Fábula na Literatura Portuguesa Cap. 1 (pp. 28-30, 33-34)
Vasconcellos (1998), “O livro de Esopo e a lição das fábulas”, Literatura e Sociedade 3:11-16
Calado (1994), “Livro de Exopo. Edição crítica com introdução e notas”, Boletim da Biblioteca da Universidade de Coimbra
Pereira (2005), “Uma liberdade constrangida: aspectos do funcionamento alegórico em dois textos medievais”, La metamorfosis de la alegoría. Discurso y sociedad en la Península Ibérica desde la edad media hasta la edad contemporánea 127-42
Cepeda (1995), Bibliografia da Prosa Medieval em Língua Portuguesa 115-16
Prista (1993), “Apostila a uma genealogia proposta por Leite de Vasconcelos, a propósito de certas características sintácticas de O Livro de Esopo”, Actas do IV Congresso da Associação Hispânica de Literatura Medieval
Castro (1993), “Livro de Esopo”, Dicionário da Literatura Medieval Galega e Portuguesa 408
Montillo (1993), “A voz e os ecos: medievalismo e atualidade n'O Livro de Esopo”,
Baruki (1983), “Regência verbal em 'O livro de Esopo'”,
Vasconcelos (1904), “Esopo Adelfo”, Revista Pedagógica
Keidel (1901), “Notes on Aesopic Fable Literature in Spain and Portugal during the Middle Ages”, Zeitschrift für romanische Philologie
Subject Fundo Geral
Fábulas - Exempla
Number of Witnesses 1
ID no. of Witness 1 cnum 1097
City, library, collection & call number Wien: Österreichische Nationalbibliothek, Cod. 3270* Han (BITAGAP manid 1150)
Copied 1401 - 1500
Location in witness ff. 1r-46r [= 48r]
Title(s) Desconhecido, Livro de Esopo (tr. Aesopus…), traduzido/a 1351 ca. - 1400 ca.
Incipit & Explicits prólogo: [ 1r] Segundo diz o Livro da uida e dos constumes dos philosofos
texto: [ 1v] Comta sse que huma vez huum guallo … [ 46r [= 48r]] … empeeçem mays que peçoonha. Explicit liber Exopy cum alegorjs.
References Edição em: Calado (1994), “Livro de Exopo. Edição crítica com introdução e notas”, Boletim da Biblioteca da Universidade de Coimbra 42:38-99
Maia Junior (1993), “Fabulário medieval português”,
Nunes (1932), Florilégio da Literatura Portuguesa Arcaica 83-87
Vasconcelos (1906), “Fabulário Português”, Revista Lusitana
Vasconcelos (1906), “Reflexões ao 'Livro de Esopo' ou 'Fabulário Português'”, Revista Lusitana
Vasconcelos (1903-05), “Fabulário Português. Manuscrito do sec. XV”, Revista Lusitana
Vasconcelos (1898-1902 [1903]), “Codice portuguez da Biblioteca de Vienna”, Boletim da Segunda Classe 1:235
Record Status Created 1988-07-23
Updated 2018-10-18