Philobiblon (sm)(tm)

Back to Search     Back to Results


Work ID number BITAGAP texid 1075
Authors Desconhecido
Titles Estoire del Saint Graal
Livro de José de Arimateia
Josep ab Arimathia
Roman du Graal (post-Vulgata / Pseudo-Boron) (I): Estoire del Saint Graal
Incipit & Explicits prólogo: Mui poderoso e cristianíssimo Príncipe
texto: Aquele que se tem e nomea
Date / Place escrito/a 1230 ? - 1240 ?
traduzido/a 1250 ? - 1275 ?
traduzido/a 1245 ca. (Nascimento (2010))
Language Português
Francês (orig.)
Text Type: Prosa
Associated Persons Tradutor(a): João Vivas (Floruit (documentado) 1240 - 1264)
References (most recent first) Gutiérrez García (2020), “La corporeidad sin mácula de María: entre el Verbo y el género en textos ibéricos tardomedievales”, Escritura somátia. La materialidad de la escritura en las literaturas ibéricas de la Edad Media a la temprana modernidad
Gutiérrez García et al. (2020), “Geoffrey of Monmouth in Portugal and Galicia”, Companion to Geoffrey of Monmouth
Nascimento (2020), “Idade Média, do outro lado do espelho: os textos e o leitor, por entre trabalhos de breves dias”, O Medievalismo no século XXI 37
Ailenii (2019), “Das particularidades da tradução das versões ibéricas de Merlin e da sua suite”, Revista Galega de Filoloxía 20:19-20
Ailenii (2019), A Tradução Galego-Portuguesa do Romance Arturiano. Os primeiros testemunhos
Miranda (2019), “Post Scriptum a 'Catábase virgiliana nos sonhos de Lancelote'”, Guarecer. Revista Electrónica de Estudos Medievais 100-03
Rabaçal (2019), “Do feminino da Queste del Saint Graal e na Demanda do Santo Graal”, Guarecer. Revista Electrónica de Estudos Medievais 59-60
Silva (2019), “A história da espada quebrada: uma releitura veterotestamentária”, Avatares y perspectivas del medievalismo ibérico passim
Rinaldi (2018), “O mágico e o demoníaco. Figurações, práticas e efeitos na escrita literária portuguesa dos séculos XIII-XIV”, 127 e passim
Cunha (2017), “'Batalhas Fundacionais': da Estória do Santo Graal à Crónica de D. João , de Fernão Lopes”, Guarecer. Revista Eletrónica de Estudos Medievais 2:19-40
Miranda et al. (2016), “Apresentação do livro [de] José Carlos Ribeiro Miranda, Ana Sofia Laranjinha, Isabel Correia, Simona Ailenii e Eduarda Rabaçal, Estória do Santo Graal (Livro Português de José de Arimateia). Edição do texto contido no ms. 643 do Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Porto, Estratégias Criativas, 2016 (XXVI+391 p.; ISBN: 978-989-8459-28-2)”, Guarecer. Revista Eletrónica de Estudos Medievais 165-69
Pereira (2015), “Construções percetivas e ordem de palavras num texto medieval”, Estudos de Lingüística Galega 7:95-108
Rinaldi (2015), “Deuses, criaturas mágicas ou demónios? As mudanças de pensamento na Idade Média”, Roda da Fortuna 4, n. 1:244, 247-48, 252
Briesemeister (2014), “Hagiografía latina y vernácula en la Peninsula Ibérica (1350-1500)”, Hagiographies. Histoire internationale […] 6:254
Trujillo (2014), “Literatura artúrica en la Península Ibérica: Cuestiones traductológicas y lingüísticas”, eHumanista 28:passim
Martins (2013), “Copiar o português duocentista: a Demanda e o José de Arimateia”, Ao sabor do texto. Estudos dedicados a Ivo Castro 383-402
Correia (2013), “A Matéria de Bretanha em Portugal. O(s) texto)s) e a(s) leituras de História Literária”, Limite: Revista de Estudios Portugueses y de la Lusofonía 7:5-28
Laranjinha (2012), “A matéria tristaniana do ciclo de Pseudo-Boron, da Suite du Merlin à Demanda do Santo Graal”, De Cavaleiros e Cavalarias […] 101-09
Simek (2012), Artus-Lexikon. Mythos und Geschichte, Werke un Personen der europäischen Artusdichtung 222
Toledo Neto (2012), “Os testemunhos portugueses do Livro de José de Arimatéia e o seu lugar na tradição da Estorie del Saint Graal: colação de exemplos”, De Cavaleiros e Cavalarias […] 579-89
Ailenii (2012), “Os primeiros testemunhos da tradução galego-portuguesa do romance arturiano”,
Chambel (2011), “A Simbolismo das Cores no Livro de José de Arimateia”, Medievalista online 10
Faria (2011), “O conto português para-popular em obras publicadas na Idade Média”, Literatura Culta e Popular em Portugal e no Brasil. Homenagem a Arnaldo Saraiva 317
Ailenii (2010), “Testemunhos arturianos galego-portugueses”, Language and Literature: European Landmarks of Identity 6:134-40
Nascimento (2010), “Dizer a Bíblia em português: fragmentos de uma história incompleta”, A Bíblia e suas edições em Língua Portuguesa 28
Castro (2008-09), “Editando o Livro de José de Arimateia”, Filologia e Linguística Portuguesa 10-11:345-64
Santos (2006), “La ‘beste glatissante' et autres merveilles dans L'Estoire del Saint Graal et dans A Demanda do Santo Graal.”, Une étrange constance. Les motifs merveilleux dans les littératures d'expression française au Moyen Âge à nos jours 212-27
Lucía Megías (2005), “Literatura caballeresca catalana: de los testemonios a la interpretación (un ensayo de crítica ecdótica)”, Caplletra 39:235-36, 239, 241-42
Furtado (2001), “O José de Arimatéia da tradição arturiana”, Filologia e Linguística Portuguesa 4:159-67
Martins (1986), “No seio da Virgem mãe”, Brotéria 123:6:521-23
Nascimento (2008), “As voltas do "Livro de José de Arimateia": em busca de um percurso, a propósito de um fragmento trecentista recuperado”, Península. Revista de Estudos Ibéricos 5:129-40
Castro (2007), “Josefes caminha sobre as águas”, eHumanista [revista virtual] 8:28-37
Toledo Neto (2007), “O Livro de José de Arimatéia: breve comentário sobre questões atuais”, Veredas. Revista da Associação Internacional de Lusitanistas 8:347-60
Freire-Nunes (2007), “Les Heritières de Merlin”, Medievalista online 3:3
Bogdanow et al. (2006), “Rewriting Prose Romance: The Post-Vulgate Roman du Graal and Related Texts”, The Arthur of the French: The Arthurian Legend in Medieval French and Occitan Literature 347-48
Miranda (2006), “Eliezer e a cavalaria. Sobre a estrutura temática do romance arturiano em prosa”, Los caminos del personaje en la narrativa medieval. Actas del Coloquio Internacional 211-29
Correia (2005), “O Escudo e o cavaleiro branco do Livro Português de José de Arimateia à Demanda do Santo Graal”, Modelo. Actas do V Colóquio da Secção Portuguesa da Associação Hispânica de Literatura Medieval 141-52
Ramos (2005), “‘Novas' medievais no ocidente ibérico”, La Circulation des nouvelles au Moyen Âge. Actes de la journnée d'études 122
Pio (2004), “O Lugar do Livro de José de Arimateia na Tradição da Estoire del Saint Graal”,
Correia (2004), “O Graal no Livro de José de Arimateia, versão Portuguesa da Estoire del Saint Graal”, Espéculo. Revista de Estudios Literarios
Ferreira (2004), “Entre Eva e Maria. As Imagens do Feminino no Livro de José de Arimateia”,
Guincho (2004), “História literária e traduções: novos passos de um projecto. Ler, escrever, reescrever: o lugar das traduções medievais na historiografia literaria”, Actas do IV Congresso Internacional da Associação Portuguesa de Literatura Comparada
Silva (2004), “Em Demanda da Terra Prometida. Viagens e Viajantes no Livro de José de Arimateia”,
Bogdanow (2003), “The Vulgate Cycle and the Post-Vulgate Romand du Graal”, A Companion to the Lancelot-Grail Cycle 33-51
Correia (2003), “A construção da 'linhagem' escolhida no Livro de José de Arimateia (versão portuguesa da Estoire del Graal)”,
Correia (2003), “Os Sonhos e a Construção da Ideologia da Linhagem no LIvro de José de Arimateia”, Da Decifração em Textos Medievais. IV Colóquio da Secção Portuguesa da Associação Hispânica de LIteratura Medieval 235-45
Gonçalves (2003), “A aventura onírica no Livro de José de Arimateia (versão portuguesa da Estoire del Graal)”,
Harney (2003), “The Spanish Lancelot-Grail Heritage”, A Companion to the Lancelot-Grail Cycle 185-94
Medeiros (2003), “Aspectos do bestiário do Livro de José de Arimateia”,
Toledo Neto (2003), “A distinção de punhos no Livro de José de Arimatéia”, Estudos Lingüísticos 32:1-4
Dias (2003-06), “A Matéria da Bretanha em Portugal: relevância de um fragmento pergamináceo”, Revista Portuguesa de Filologia 25:145-221
Gonçalves (2002), “Estória do Rei Label --estudo de um episódio do Livro de José de Arimetia [sic]”, Matéria de Bretanha em Portugal 93-103
Medeiros (2002), “A simbologia do leão no Livro de José de Arimateia”, Matéria de Bretanha em Portugal 81-91
Moura (2002), “A representação do feminino no Livro de José de Arimateia”, Matéria de Bretanha em Portugal 69-79
Carvalho (2001), “José de Arimateia”, História da Literatura Portuguesa. Vol. I […] 330-31, 335
Castro (2001), “La Materia di Bretagna in Portogallo”, Civiltà letteraria […] 199-200
Gonçalves (2001), “Representações do espaço insular e do espaço onírico no Livro de José de Arimateia”, Românica 10:53-65
Gutiérrez García et al. (2001), A Literatura Artúrica en Galicia e Portugal na Idade Media
Neves (2001), “Percepção e representação do tempo no Livro de José de Arimateia, versão portuguesa da Estoire del Saint Graal”, Sobre o Tempo […] 257-72
Toledo Neto (2001), “Representação gráfica das terminações nasais no Livro de José de Arimatéia”, Estudos Lingüísticos 30:1-6
Buescu (2000), “O Livro de José de Arimateia: História, lenda e religião”, Studia Lusitanica 3:153-63
Castro (2000), “Rodrigues Lapa e as origens do romance de cavalaria em Portugal”, Filologia, Literatura e Linguística. […] Professor Doutor Manuel Rodrigues Lapa 145-56
González (2000), “El número como símbolo en la Edad Media latina”, Stylos 9:89-118
Nascimento (2000), “A Igreja na história da cultura: percursos do livro em Portugal na Idade Média”, Igreja e Missão 153
Toledo Neto (2000), “Dêiticos demostrativos no Livro de José de Arimatéia”, Estudos Lingüísticos 29:387-92
Toledo Neto (1999), “Liuro de Josep ab Aramatia and the Works of Robert de Boron”, Quondam et Futurus 3:36-45
Toledo Neto (1999), “Breve notícia da matéria arturiana anterior às traduções ibéricas da Post-Vulgata”, Textos Medievais Portugueses e Suas Fontes 149-51, 153
Megale (1997), “Textos arturianos portugueses e galegos”, O Mestre. Homenagem das literaturas de língua portuguesa ao profesor António Soares Amora 239-49
Toledo Neto (1997), “Variação gráfica de algumas consoantes sibilantes do Livro de José de Arimatéia (Cod. ANTT 643)”, Estudos Lingüísticos 27:876-81
Almeida (1996), “O romance no século XIII - a propósito do maravilhoso no Livro de José de Arimateia”, Máthesis 5:237-45
Gracia (1996), “El ciclo de la Post-Vulgata artúrica y sus versiones hispánicas”, Voz y Letra 7:5-15
Varanda (1996), “O ‘Conto de Perom'”, Colóquio/Letras 142:192-95
Almeida (1995), “O prólogo ao Livro de José de Arimateia e o pergaminho de Riba d'Âncora”, Mathésis 4:149-58
Cepeda (1995), Bibliografia da Prosa Medieval em Língua Portuguesa 154-57
Miranda (1994), Conto de Perom, O Melhor Cavaleiro do Mundo
Miranda (1993), “Realeza e cavalaria no Livro de José de Arimateia, versão portuguesa da Estoire del Saint Graal”, Actas do IV Congresso da Associação Hispânica de Literatura Medieval
Castro (1993), “Livro de José de Arimateia”, Dicionário da Literatura Medieval Galega e Portuguesa 409-11
Almeida (1993), “O maravilhoso no Livro de José de Arimateia”,
Catalão (1992), “O Motivo da ilha mítica na literatura medieval portuguesa”,
Martins (1988), Nossa Senhora nos Romances do Santo Graal e nas Ladainhas Medievais e Quinhentistas 13-21
Castro (1983), “Sobre a data da introdução na Península Ibérica do ciclo arturiano da Post-Vulgata”, Boletim de Filologia
Martins (1983), “Simbologia das vestes sacerdotais no 'Livro de José de Arimateia'”, Didaskalia
Martins (1981), “O ideal de Galaaz no Livro de José de Arimateia”, Estudos Medievais 1:5-24
Martins (1980), “O 'Cromlech' de Stonehenge no 'Livro de José de Arimateia' e em 'Merlim'”, Itinerarium
Martins (1980), “As barcas misteriosas”, Alegorias, Símbolos e Exemplos Morais da Literatura Medieval Portuguesa
Martins (1980), “Figuras, símbolos e alegorias do 'Livro de José de Arimateia'”, Alegorias, Símbolos e Exemplos Morais da Literatura Medieval Portuguesa
Filgueira Valverde (1979), “O Libro de Xosé de Arimateia”, Adral 343-46
Rossi et al. (1979), A literatura novelística na Idade Média portuguesa 61-67
Box (1977), “Mestre Baqua and the Grail Story”, Revue de Littérature Comparée 51:366-70
Martins (1977), “Frases de orientação nos romances arturianos e em Fernão Lopes”, Itinerarium
Martins (1975), “A Eucaristia no 'Livro de José de Arimateia' e na 'Demanda do Santo Graal'”, Itinerarium
Martins (1962), “A lenda de Caifás”, Brotéria
Bogdanow (1960), “The Relationship of the Portuguese Josep Abarimatia to the Extant French mss. of the Estoire del Saint Graal”, Zeitschrift für romanische Philologie
Martins (1952), “O Livro de José de Arimateia, da Torre do Tombo”, Brotéria
Brito (1943), “O Livro de Joseph ab Aramatia. O códice. A novela. O estilo. A linguagem”,
Baist (1907), “Der portugiesische Josef von Arimathia”, Zeitschrift für romanische Philologie
Cruz (Date?), “O símbolo e o rito no Livro de José de Arimatéia”,
Laranjinha (2011-06), “Linhagens arturianas na Península Ibérica: o tempo das origens”, e-Spania
Miranda (2013-12), “Lancelot e a recepção do romance arturiano em Portugal”, e-Spania 16
Gutiérrez García (2013-12), “Caballería y poder en la literatura artúrica hispánica de finales del siglo XV y principios del XVI”, e-Spania 16
Soriano Robles (2013-12), “La literatura artúrica de la península Ibérica: entre membra disiecta, unica y códices repertoriales”, e-Spania 16
Ailenii (2013-12-16), “A tradução galego-portuguesa do romance arturiano nos séculos XIII e XIV”, e-Spania 16
Note Primeira parte do dito "Roman du Graal du cycle post-Vulgata" ou "Livre du Pseudo-Robert de Boron".
Subject Ciclo Bretão - Matéria de Bretanha - Literatura Arturiana
Cavalaria [Novelas de - Romances de]
Hagiografia
Fundo Geral
Number of Witnesses 4
ID no. of Witness 1 cnum 21089
City, library, collection & call number Porto: Arquivo Distrital do Porto, NOT/CNSTS01/001/0012 [capa] (BITAGAP manid 3747)
Copied 1281 ? - 1325 ? (Dias (2003-06))
1301 - 1325 (Nascimento (2008))
1325 a quo (Monteagudo (2019))
Location in witness ff. 1r-2v
Title(s) Desconhecido, Livro de José de Arimateia (tr. João Vivas), traduzido/a 1250 ? - 1275 ? Caps. 57, 58, 61, 62 e 63
Incipit & Explicits texto: [ 1r] […] de que podya. E ffezeralhe hũa camara … [ 2v] … E sse tu nõ quiseres rrecear mjnha cõpa[…]
References Gutiérrez García (2020), “La corporeidad sin mácula de María: entre el Verbo y el género en textos ibéricos tardomedievales”, Escritura somátia. La materialidad de la escritura en las literaturas ibéricas de la Edad Media a la temprana modernidad
Ailenii (2019), “Das particularidades da tradução das versões ibéricas de Merlin e da sua suite”, Revista Galega de Filoloxía 20:19
Ailenii (2019), A Tradução Galego-Portuguesa do Romance Arturiano. Os primeiros testemunhos
Toledo Neto (2012), “Os testemunhos portugueses do Livro de José de Arimatéia e o seu lugar na tradição da Estorie del Saint Graal: colação de exemplos”, De Cavaleiros e Cavalarias […] 579-80
Ailenii (2012), “Os primeiros testemunhos da tradução galego-portuguesa do romance arturiano”, 403-06
Ailenii (2010), “Testemunhos arturianos galego-portugueses”, Language and Literature: European Landmarks of Identity 6:134-40
Ailenii (2009), “O Arquétipo da Tradução Galego-portuguesa da Estoire del Saint Graal à luz de um testemunho recente”, Seminário Medieval 2007-2008 34
Nascimento (2008), “As voltas do "Livro de José de Arimateia": em busca de um percurso, a propósito de um fragmento trecentista recuperado”, Península. Revista de Estudos Ibéricos 5:129-40
Dias (2003-06), “A Matéria da Bretanha em Portugal: relevância de um fragmento pergamináceo”, Revista Portuguesa de Filologia 25, T. 1:145-221
Nascimento ([2008]), Aracne ou a Dialéctica: da dispersão à integração dos testemunhos da cultura
Note Texto identificado por Aida Fernanda Dias: 2002-08-05.
ID no. of Witness 2 cnum 23118
City, library, collection & call number : Desconhecido - Perdido ?, (BITAGAP manid 4092)
Copied Coimbra ?: para João Sanches, 1309 ?
1314 ?
Title(s) Desconhecido, Livro de José de Arimateia (tr. João Vivas), traduzido/a 1250 ? - 1275 ?
ID no. of Witness 3 cnum 1069
City, library, collection & call number Lisboa: Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Manuscritos da Livraria, 643 [Casa Forte] (BITAGAP manid 1140)
Copied para Manuel Álvares, corregedor da Ilha de São Miguel, 1543 ca. (Castro (2002))
Location in witness ff. 1r-311v
Title(s) Desconhecido, Livro de José de Arimateia (tr. João Vivas), traduzido/a 1250 ? - 1275 ?
Liuro de josep abaramatia intetulado a primeira parte da demanda do santo grial
Incipit & Explicits prólogo: [ 1r] Muy poderoso & cristianissimo principe
texto: [ 2r] Aquelle que se tem e nomea … [ 311v] … cada hũu por sy serão milhores de trazer.
References Gutiérrez García (2020), “La corporeidad sin mácula de María: entre el Verbo y el género en textos ibéricos tardomedievales”, Escritura somátia. La materialidad de la escritura en las literaturas ibéricas de la Edad Media a la temprana modernidad
Ailenii (2019), “Das particularidades da tradução das versões ibéricas de Merlin e da sua suite”, Revista Galega de Filoloxía 20:19
Ailenii (2019), A Tradução Galego-Portuguesa do Romance Arturiano. Os primeiros testemunhos
Miranda et al. (2016), Estória do Santo Graal. Livro Português de José de Arimateia. Manuscrito 643 do Arquivo Nacional da Torre do Tombo
Toledo Neto (2012), “Os testemunhos portugueses do Livro de José de Arimatéia e o seu lugar na tradição da Estorie del Saint Graal: colação de exemplos”, De Cavaleiros e Cavalarias […] 579-80
Ailenii (2009), “O Arquétipo da Tradução Galego-portuguesa da Estoire del Saint Graal à luz de um testemunho recente”, Seminário Medieval 2007-2008 129-56
Castro (2007), “Josefes caminha sobre as águas”, eHumanista [revista virtual] 8:31-33
Dias (2003-06), “A Matéria da Bretanha em Portugal: relevância de um fragmento pergamináceo”, Revista Portuguesa de Filologia 25:145-221
Toledo Neto (2001), “O Livro de José de Arimatéia (Lisboa, AN/TT, Livraria, CÓD. 643): camadas lingüísticas da tradução ibérica ao traslado quinhentista”,
Toledo Neto (1999), “Variação do morfema número-pessoal de 2a. pessoa do plural no Livro de José de Arimatéia”, Estudos Lingüísticos 28:194-99
Toledo Neto (1999), “Aspectos da variação gráfica no português arcaico: as variantes consonantais no Livro de José de Arimatéia (Cod. ANTT. 643)”, I Seminário de Filologia e Língua Portuguesa 55-63
Ponceau (1997), L'Estoire del Saint Graal 1:x
Toledo Neto (1996), “Variação grafemática consonantal no Livro de José de Arimatéia (Cod. ANTT 643)”,
Castro (1984), “Livro de José de Arimateia (Estudo e edição do cód. ANTT 643)”,
Carter (1967), The Portuguese Book of Joseph of Arimathea. Paleographical edition with introduction, linguistic study, notes, plates, & glossary
Neto (1956), Textos Medievais Portuguêses e seus Problemas 51-54, 177-80
Neto (1948), “Textos antigos portuguêses”, Boletim de Filologia 244-48
Nunes (1908), “Textos antigos portugueses V. Uma amostra do Livro de Josep Ab Arimatia”, Revista Lusitana
ID no. of Witness 4 cnum 29112
City, library, collection & call number Lisboa: Biblioteca Nacional de Portugal, COD. 910 (BITAGAP manid 5521)
Copied Eustáquio da Virgem Maria, 1701 - 1740
Location in witness ff. 278v-281v
Title(s) Desconhecido, Livro de José de Arimateia (tr. João Vivas), traduzido/a 1250 ? - 1275 ? Prólogo, Cap. 1 e Cap. 2
Incipit & Explicits prólogo: [ 278v] Muy poderoso e Christianissimo princepe
texto I: [ 279v] Aquelles que se tem
texto II: [ 280r] Ho nome daquelles que esta estoria escreueu
Associated MSS/editions Cópia de manid 1140 MS: Lisboa: Torre do Tombo, Manuscritos da Livraria, 643 [Casa Forte]. para Manuel Álvares, corregedor da Ilha de São Miguel, 1543 ca. Desconhecido, Livro de José de Arimateia (tr. João Vivas), traduzido/a 1250? - 1275?.
Record Status Created 1988-07-22
Updated 2021-09-05