Philobiblon (sm)(tm)

Back to Search     Back to Results


Work ID number BITAGAP texid 10601
Authors Desconhecido
Titles Os Doze de Inglaterra
Cavalarias de Alguns Fidalgos Portugueses
Date / Place escrito/a 1450 ca. ?
escrito/a 1449 - 1500 ca. (Fallows (2013), p. 4)
Text Type: Prosa
Associated MSS/editions Texto relacionado manid 1806 MS: Lisboa: Biblioteca Nacional, COD. 7641. Manuel Severim de Faria, Doutor em Teologia, 1601 - 1700. João Rodrigues de Sá [de Meneses], alcaide-mor do Porto, “Por se levantar a glória [D 457]”, escrito/a 1513 depois de., 6v
sobre manid 5772 MS: Évora: Biblioteca Pública, Cod. CV/1-19 d. 1775 a quo - 1825 ad quem. Nuno Álvares Pereira, condestável de Portugal, Carta para D. Juan II de Castela., 116r [velho, 135r]
References (most recent first) Álvarez-Cifuentes (2021), “O catálogo dos Doze de Inglaterra da livraria dos Condes de Vimieiro: um documento perdido e recuperado”, Românica 141 e ss.
Álvarez-Cifuentes (2016), “El Desafio dos Doze de Inglaterra de Inácio Rodrigues Vedouro”, Tirant - Las Historias Caballerescas Breves: Confines genéricos y motivos literarios. En memoria de Víctor Infantes 127-44
Oliveira (2014), O Mito da Inglaterra: Anglofilia e Anglofobia em Portugal (1386-1986) 91-121
Fallows (2013), The Twelve of England
Fonseca et al. (2013), Álvaro Gonçalves Coutinho o "Magriço": o cavaleiro e o seu tempo 17-18
Puga (2013), “O Início de uma Lenda: As Personagens e os Espaços da Relação Quinhentista de ‘Os Doze de Inglaterra'”, Da Letra ao Imaginário. Homenagem à Professora Irene Freire Nunes 159-69
Hutchinson (2007), “'Os Doze de Inglaterra': Um romance sobre as relações Anglo-Portuguesas na Baixa Idade Média?”, A Inglaterra e a Península Ibérica na Idade Média. Séculos XII-XV. Intercâmbios culturais, literários e políticos 163-80
Riley (1988), “Os Doze de Inglaterra: Ficção e Realidade”,
Vedouro (1732), Desafio dos doze de Inglaterra, que na corte de Londres se combateram em desaggravo das damas inglezas
Hutchinson (2007), “‘Os Doze de Inglaterra': A Romance of Anglo-Portuguese Relations in the Later Middle Ages”, England and Iberia in the Middle Ages, 12th-15th Century. Cultural, Literary, and Political Exchanges 167-87
Silva (1730-34), Memorias para a Historia de Portugal que comprehendem o governo delRey D. João I do anno de mil e trezentos e oitenta e tres até o anno de mil quatrocentos e trinta e tres 4:1364
Note Texto problemático / duvidoso.
Subject Texto problemático - duvidoso
Fundo Geral
Doze [Os] de Inglaterra
Number of Witnesses 1
ID no. of Witness 1 cnum 30790
City, library, collection & call number Porto: Biblioteca Pública Municipal, Ms. 87 (BITAGAP manid 1366)
Copied 1501 - 1600
1550 ca. (Fallows (2013))
Location in witness ff. 260r-265v
Title(s) Desconhecido, Os Doze de Inglaterra, escrito/a 1450 ca. ?
Cavallarias de allgũa fidallgos portugueses, 260r
Incipit & Explicits texto: [ 260r] Contasse q̃ depois que ellrei dom João da boa memoria vençeo na batalha a elrej de Castella … [ 265r] … e destas Cousas ha hi Cronica em Jnglaterra q̃ largamente trata destes Caualleiros e dos grandes feitos d'armas q̃ la fizerão.
References Fallows (2013), The Twelve of England 71-82, 97-108
Puga (2013), “O Início de uma Lenda: As Personagens e os Espaços da Relação Quinhentista de ‘Os Doze de Inglaterra'”, Da Letra ao Imaginário. Homenagem à Professora Irene Freire Nunes 160
Riley (1988), “Os Doze de Inglaterra: Ficção e Realidade”, 29-36
Basto (1986), O Essencial sobre Os Doze de Inglaterra 19-46
Basto et al. (1935), Relação ou Crónica Breve das Cavalarias dos Doze de Inglaterra 89-103
Subject Doze [Os] de Inglaterra
Record Status Created 2008-09-17
Updated 2021-04-01